SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

TRABALHO »

60 vagas de auditor no GDF

O salário inicial para o cargo é de R$ 12 mil. As inscrições podem ser feitas até fevereiro de 2014. As provas estão agendadas para março

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 03/12/2013 14:00 / atualizado em 03/12/2013 11:15

Lorena Pacheco

Depois de mais de um ano de espera, os interessados no concurso para auditor de controle interno da Secretaria de Administração Pública do Distrito Federal (Seap/DF) podem comemorar. O edital da seleção foi publicado ontem, no Diário Oficial local — o certame havia sido autorizado em setembro de 2012. São oferecidas 60 vagas para graduados em qualquer área, além de cadastro reserva de 240 chances. O salário é de R$ 12 mil, para uma jornada de 40 horas semanais.

Os postos estão divididos em duas especialidades: finanças e controle, e planejamento e orçamento, informou a Fundação Universa, banca responsável. Os interessados devem se inscrever entre 20 de dezembro e 10 de fevereiro no site www.universa.org.br. A taxa é de R$ 83,50. As provas objetivas estão agendadas para 23 (para a primeira especialidade) e 30 de março (para a segunda). Haverá ainda exame discursivo, sindicância de vida pregressa, curso de formação e avaliação de títulos.

Serão cobrados na primeira etapa conhecimentos em línguas portuguesa e inglesa, administrações pública, financeira e orçamentaria, contabilidade, controle interno e externo, economia, auditoria governamental, e planejamento e orçamento. Além disso, é preciso estar afiado nos direitos financeiro, tributário, constitucional e administrativo.

Entre as principais atribuições de um auditor de controle interno, estão a elaboração de estudos e pesquisas para a formulação de políticas e diretrizes orçamentária e de planejamento do DF; e o exame de processos e a emissão de pareceres quanto à legalidade de atos de concessão ou de revisão de aposentadorias e pensões.

Contabilidade
O professor do IMP Concursos Egbert Buarque acredita que a disciplina que ministra, contabilidade, será a divisora de águas entre os aprovados e os reprovados. “Essa é uma matéria que, normalmente, assusta o candidatos. E, nessa seleção, serão cobradas seis demonstrações contábeis (na de 2009 foram apenas duas), como demonstração de fluxo de caixa e valor adicionado, além de conteúdo novo sobre contabilidade de custos”, ressaltou.
Tags:

publicidade

publicidade