SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Selecionados 5,5 mil estudantes para a 1ª edição do Inglês sem Fronteiras

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/01/2014 14:00

A primeira edição do programa Inglês sem Fronteiras selecionou 5,5 mil estudantes de 40 universidades federais para fazer cursos de inglês nos núcleos de línguas (NucLi) dessas instituições. Presenciais e gratuitos, os cursos começam nesta segunda-feira, 20. A presença do universitário na sala de aula é condição para garantir a vaga.

O vice-presidente do núcleo gestor do Inglês sem Fronteiras do Ministério da Educação, Waldenor Barros Moraes Filho, também coordenador do programa na Universidade Federal de Uberlândia (UFU), lembra aos universitários que não conseguiram vaga nesta edição que o próximo processo seletivo será aberto no dia 31 próximo e se estenderá até 13 de fevereiro. Serão 10 mil vagas nos núcleos de línguas de 43 instituições federais. Desse total de universidades credenciadas, apenas três não formaram turma para essa primeira edição do programa.

Para concorrer, o candidato deve observar os requisitos:

• Ser estudante de graduação, mestrado ou doutorado, com matrícula ativa nas universidades federais credenciadas como núcleos de línguas.

• Ser estudante participante e ativo no curso My English, on-line, níveis 2, 3, 4 ou 5, cuja inscrição tenha sido validada com até 48 horas de antecedência à inscrição no núcleo de línguas.

• Ter concluído até 90% do total de créditos da carga horária do curso.

Os cursos abordam o desenvolvimento de habilidades linguísticas e a preparação para exames internacionais de certificação de fluência em língua inglesa. A carga horária estabelece quatro aulas de 60 minutos em pelo menos dois encontros na semana, em locais e horários definidos pela universidade ofertante. A duração dos cursos varia de 30 a 120 dias.

Aproveitar a oportunidade é o conselho do professor Waldenor Moraes Filho aos universitários. Ele explica que a formação tem qualidade, supervisionada pelos cursos de letras das instituições. “Cabe ao estudante traçar sua meta e se preparar para as possibilidades de intercâmbio em instituições estrangeiras de excelente qualidade”, diz.

Desafio — Com a abertura de 900 vagas para o Inglês sem Fronteiras, a UFU recebeu 979 inscrições, selecionou 702 estudantes e formou 40 turmas para os cursos que começam nesta segunda-feira. O coordenador do programa na instituição explica que a UFU abriu turmas em horários que possibilitam ao estudante combinar a frequência às aulas de graduação ou pós-graduação com o estudo da língua.

Encontrar horário livre em cursos de graduação como os de engenharias, que têm carga horária semanal de 34 a 36 horas, ou medicina, de 40 horas semanais, foi um desafio da instituição, explica Waldenor. “Para garantir a presença dos estudantes, abrimos turmas de inglês em horários diferentes, das 11h30 às 13h30, das 7 às 8 horas, das 17 às 19 horas e aos sábados, de manhã e à tarde”, salienta. A jornada semanal mínima é de 4 horas.

Mais informações sobre o Inglês sem Fronteiras na página do programa na internet.

 

Ascom/MEC

Tags:

publicidade

publicidade