SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Infarto foi decisivo para primeiro colocado em medicina na UFJF

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/01/2014 09:39

Stefânia Sangi/UFJF
No fim de 2012, João Paulo Mauler, 32 anos, sofreu um princípio de infarto e precisou ser hospitalizado. Essa situação pode ser desesperadora, mas, para ele, foi o pontapé para que pesquisasse mais sobre sua condição genética e decidisse realizar um sonho antigo: cursar medicina. Mauler concorreu com outros 3.453 candidatos no curso com maior número de inscritos na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), no câmpus de Juiz de Fora. A aprovação ocorreu por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), onde garantiu a primeira colocação entre as 62 vagas oferecidas.

Formado em comunicação social, também pela UFJF, Mauler, que atualmente é funcionário administrativo da Fundação Hemominas, já tentou terminar a graduação de farmácia. "Eu gostava do curso, mas depois de dois anos, quando as disciplinas começaram a envolver mais química e a serem mais específicas, eu não consegui me adaptar, então me desanimei e tranquei o curso. Fiz, então, comunicação social, pois gostava de ler e de escrever, mas sempre soube que não trabalharia na área a vida toda. Depois do infarto, isso ficou muito claro para mim, foi quando decidi mudar o rumo da minha vida", relata.

Para se inscrever no Sisu, Mauler se preparou por um ano: estudou sozinho durante o período da tarde e fez cursinho preparatório à noite. Ele confessa que não achou a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) fácil. O Enem é um dos critérios para concorrer pelo Sisu. Ele conseguiu 841 pontos na prova e, na redação, conquistou 980. "Passei muito tempo sem estudar. Comecei praticamente do zero, o que dificultou um pouco. Achei que seria uma prova mais interpretativa. Saí do local de provas desanimado, mesmo sabendo que tinha capacidade para passar."

Quando recebeu a notícia de que passou no exame, e ainda em primeiro lugar, ficou muito surpreso. "Eu sabia que tinha muitas chances de passar, mas nunca foquei em ser o primeiro lugar. Foi uma surpresa muito grande, e fiquei muito feliz. Gosto muito do ambiente acadêmico, e como estou mais maduro, sei que vou aproveitar bastante a graduação."

A UFJF ofereceu 1.733 vagas por meio do sistema e registrou 59.747 inscrições, sendo 13.693 para o câmpus de Governador Valadares. O número considera até duas opções de curso e corresponde ao total de 43.713 candidatos. As aulas devem começar em 7 de março.

Confira o cronograma do Sisu:
27/1 - Resultado da 2ª chamada
27/1 a 7/2 - Prazo para participar da lista de espera
31/1 a 4/2 - Matrícula da 2ª chamada
11/2 - Convocação dos candidatos em lista de espera pelas instituições a partir desta data
Tags:

publicidade

publicidade