SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

TRABALHO »

Petrobras abre 1.232 chances

Oportunidades são de níveis médio e superior e oferecem salários que variam de R$ 3.400,47 a R$ 7.501,06. As inscrições começam dia 24

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/02/2014 14:00

Lorena Pacheco

Com eleições e contenção de gastos, os concurseiros terão menor possibilidade de ingresso no funcionalismo  (Ed Alves/CB/D.A Press - 28/9/13) 
Com eleições e contenção de gastos, os concurseiros terão menor possibilidade de ingresso no funcionalismo



A Petróleo Brasileiro S.A (Petrobras) lançou ontem o edital para contratar 1.232 profissionais de níveis médio e superior. Cinco por cento das oportunidades são destinadas a pessoas com deficiência. Organizada pela Fundação Cesgranrio, a seleção oferece salários que variam de R$ 3.400,47 a R$ 7.501,06. As inscrições para o certame vão de 24 de fevereiro a 17 de março, pelo site www.cesgranrio.org.br. As taxas variam de R$ 40 a R$ 58.

Os candidatos com formação intermediária podem concorrer aos cargos de técnico de exploração de petróleo júnior (geodésia), técnico de inspeção de equipamentos e instalações júnior, técnico de logística de transporte júnior (controle), técnico de manutenção júnior (mecânica), técnico de operação júnior, técnico de projetos, construção e montagem júnior (edificações), técnico de projetos, construção e montagem júnior (mecânica), técnico de segurança júnior, técnico de suprimento de bens e serviços júnior (administração). Os graduados, por sua vez, disputam as chances de engenheiro de meio ambiente júnior, engenheiro de produção júnior e médico do trabalho júnior.

Nas provas objetivas, serão cobrados conhecimentos em língua portuguesa, matemática e conhecimentos específicos. Os exames estão marcados para 18 de maio, em Belo Horizonte, Campinas (SP), Curitiba, Fortaleza, Macaé (RJ), Manaus, Mauá (SP), Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, Santos (SP), São José dos Campos (SP), São Mateus do Sul (PR) e São Paulo. Esses também serão os municípios de lotação de quem for nomeado. O resultado final do concurso está previsto para ser publicado em 26 de junho.

Matemática
O professor de matemática e raciocínio lógico da Vestcon Concursos Josimar Padilha diz que a grande dica para passar nesse concurso é refazer as provas da Cesgranrio elaboradas em seleções anteriores da própria Petrobras. “A banca tem a tradição de fazer os certames da estatal. Então, não é difícil encontrar material para estudar.”

Segundo o especialista, em relação ao conteúdo que leciona, que será cobrado nos testes para os postos de nível médio, a banca costuma ser bastante objetiva. “As questões não são muito contextualizadas como fazem outras organizadoras. O conteúdo é abordado mais diretamente e, por isso, exige o raciocínio matemático puro”, explicou.

Padilha sugere ainda aos concurseiros que fiquem atentos a teoria de conjuntos, análise combinatória e probabilidade e estatística, que certamente serão cobrados. “Trigonometria e geometria também merecem atenção redobrada, porque se configuram como os temas mais difíceis dentro da matemática”, aconselhou.


» MPF recorre por deficientes

O Ministério Público Federal no Distrito Federal (MPF/DF) recorreu ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região para garantir a reserva de vagas para pessoas com deficiência no atual concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O objetivo é reformar a decisão liminar de primeiro grau que negou alterações no edital do certame, considerado inconstitucional pelo MPF. O pedido se baseia no decreto (3.298/1999) que dispõe sobre a Política Nacional para a Integração da Pessoa com Deficiência. Segundo a norma, a compatibilidade entre as atribuições do cargo e a deficiência apresentada pelo candidato deve ser avaliada durante o estágio probatório, e não durante o trâmite do concurso. Na seleção da PRF, contudo, os deficientes aprovados foram desclassificados ainda durante a fase de perícia médica, portanto antes do estágio probatório. O MPF pediu urgência no julgamento do caso pelo tribunal.
Tags:

publicidade

publicidade