SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Mais uma chance

Dominar a legislação aplicada ao SUS e o conteúdo de língua portuguesa é essencial para garantir uma das 50 vagas oferecidas pela EBSERH no Hospital Universitário de Brasília

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/03/2014 11:58 / atualizado em 30/03/2014 11:59

Daniel Ferreira
A fim de contemplar cargos que ficaram de fora no último certame, que ocorreu em outubro de 2013, e aqueles que tiveram o cadastro de reserva esgotado, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) divulgou edital com 50 vagas para o Hospital Universitário de Brasília (HUB). As oportunidades são para as áreas médica e assistencial. A banca responsável pela seleção é o Instituto AOCP.

O certame terá uma prova objetiva com 50 questões de múltipla escolha, que abordarão conteúdos básicos — língua portuguesa, raciocínio lógico e legislação da EBSERH — e específicos da área de formação escolhida. Já a segunda etapa será composta de avaliação de títulos e da experiência profissional do candidato.

Essa é a segunda vez que Pedro Roriz Júnior, 31 anos, se inscreve em um processo seletivo da EBSERH. Ele é especialista em radiologia dentária e concorrerá à vaga de cirurgião dentista. “Apesar de o salário ser pouco vantajoso, a rede pública de saúde oferece benefícios que profissionais autônomos de odontologia não têm, como férias remuneradas, 13º salário e aposentadoria”, afirma. Na hora de estudar, Pedro mantém o foco em conteúdos básicos, pois, segundo ele, são os que fazem a diferença no desempate das notas, uma vez que os candidatos costumam dominar o conteúdo específico.

Preparação

O conselho recorrente dos professores é que os candidatos resolvam o máximo de questões de provas anteriores e, quando chegar o momento da avaliação, ler com calma os enunciados, até duas vezes se for preciso. No entanto, é importante não desperdiçar tempo. “O candidato não pode perder muito tempo em uma questão. Se não conseguir resolver, deve ir para a questão seguinte”, diz Lenildo Thürler, autor do livro SUS — Legislação e questões comentadas (Ed. Elsevier; 3ª edição; 232 páginas; R$ 62,90).

Ele explica ainda que as questões sobre o Sistema Único de Saúde (SUS) tendem a ser muito parecidas, mesmo em concursos diferentes. Por isso, segundo ele, quando o candidato resolve provas anteriores, tem muitas chances de acertar o mínimo necessário para a aprovação. “As provas do Instituto AOCP costumam ser bem elaboradas e cobram quase todo o conteúdo do edital. Com relação à legislação do SUS, a Constituição Federal — artigos de 194 a 200 — e as leis Lei nº 8.080, de 1990, e nº 8.142, de 1990, estão sempre entre os conteúdos mais cobrados”, afirma.

O professor de legislação aplicada ao SUS e à Ebserh no curso preparatório Vestcon, Erico Valverde, alerta para o rigor da prova. De acordo com ele, as questões são cansativas e exploram muitos conteúdos, por isso, requerem conhecimento aprofundado da legislação. “O candidato precisa conhecer as leis ao pé da letra, porque as questões induzem ao erro, com detalhes minuciosos e palavras que alteram o sentido de toda a lei.”

Quanto às questões de língua portuguesa, o professor Fabrício Dutra, do Gran Cursos, sugere que os candidatos priorizem o estudo de função sintática, concordância verbal, crase, vozes verbais e pontuação, porque caem com grande frequência nas provas do Instituto AOCP. “As questões são muito bem elaboradas e cobram nomenclatura de funções sintáticas”, destaca.

passe bem //  Legislação do SUS

Segundo o Decreto Presidencial nº 7.508, de 28 de junho de 2011, conjunto de ações e serviços de saúde articulados em níveis de complexidade crescente, com a finalidade de garantir a integralidade da assistência à saúde é a definição de:

a) Rede de Atenção à Saúde
b) Região de Saúde
c) Universalidade
d) Regionalização

Gabarito: A
Comentário: esse decreto é uma novidade dentro do tema SUS, e é comum que nas provas que cobram o sistema único haja uma ou duas questões sobre ele. Um ponto importante são os artigos iniciais, pois apresentam conceitos novos e que são bastante cobrados. O enunciado da questão traz um conceito importantíssimo, o da Rede de Atenção à Saúde (item “a”). Quando se fala em “região” (item “b”), implica-se a correlação com um espaço geográfico, que não foi mencionado no enunciado. Os outros dois itens, “c” e “d”, apesar de serem princípios basilares do SUS, não têm correlação com o conceito abordado no enunciado.

Comentário elaborado pelo professor Erico Valverde sobre questão da prova do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação para o cargo de técnico em necropsia no HUB, aplicada em 2013.

O que diz o edital
Hospital Universitário de Brasília — EBSERH
» Vagas: 50
» Cargos:
Nível superior: médico, cirurgião dentista, enfermeiro, físico e psicólogo
Nível médio: técnico em prótese dentária
» Remunerações: entre
R$ 2.717 e R$ 7.774
» Inscrições: até 22 de abril
» Taxas: R$ 45 (nível médio) e
R$ 85 (nível superior)
» Provas: 25 de maio
» Edital: www.institutoaocp.org.br/ concurso.jsp?id=45
Tags:

publicidade

publicidade