SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

ENEM 2014 »

De olho no prazo

Os 9,5 milhões de inscritos têm até quarta-feira para confirmar a participação no exame deste ano por meio do pagamento da taxa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/05/2014 11:08 / atualizado em 25/05/2014 11:10

Manoela Alcântara , Ariadne Sakkis

Gusyavo Moreno

Os estudantes pré-inscritos na edição de 2014 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) têm até a quarta-feira para pagar a taxa e confirmar a participação no teste, em novembro. Dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) mostram que o número de alunos inscritos no país superou as expectativas e chegou a 9,5 milhões — aumento de 21,8% em relação à última edição. No Distrito Federal, o crescimento foi maior: 185 mil se inscreveram, 40% a mais que em 2013, quando quase 132 mil fizeram o cadastro.

O total de candidatos só será conhecido depois de 28 de maio, quando termina o prazo para o pagamento da taxa de R$ 35. O ministro da Educação, Henrique Paim, ressaltou a importância de prestar atenção ao prazo e ao horário bancário — até as 16h — , pois pagamentos feitos após a data-limite serão desconsiderados. Quem não fizer o pagamento não terá a inscrição validada.

Todos os anos, há uma alteração significativa entre o número de pré-inscrições e as confirmações. Na última edição, 7,8 milhões se cadastraram no site do Enem, mas cerca de 600 mil estudantes não concluíram o registro. No DF, foram 17 mil desistências. É preciso analisar, ainda, as inscrições dos isentos — estudantes de escolas públicas e pessoas com renda familiar menor do que um 1,5 salário mínimo.

Último dia

O site do Enem apresentou lentidão na sexta-feira devido ao volume extraordinário de pessoas tentando completar o cadastro. De acordo com o Inep, no último dia do prazo, 1,8 milhão de estudantes conseguiram efetuar a pré-inscrição, ou seja, 4 mil por minuto nos picos de acesso ao portal. Para Paim, o congestionamento é uma demonstração da proporção assumida pelo Enem no Brasil. “Estamos vivendo um processo de mudança no imaginário do jovem em relação à questão educacional. Cada vez mais, os estudantes têm interesse em participar do Enem, pois sabem que isso garante o acesso ao ensino nas universidades públicas e na educação profissional”, afirmou ontem, em entrevista coletiva.
 
As provas serão aplicadas em 1.699 municípios, em 8 e 9 de novembro. No ano passado, o certame era o meio de aprovação para 1,1 milhão de vagas em 115 instituições, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O número pode variar em 2014, pois os centros de ensino têm até agosto para aderir ao Sisu. Só neste ano, a Universidade Federal de Goiás (UFG), que adota a prova, anunciou que o critério de seleção será apenas o Enem. As universidades federais de Pernambuco (UFPE), de Santa Maria (UFSM) e do Rio Grande do Sul (UFRS) usarão a nota do exame para selecionar candidatos pela primeira vez. Este será o segundo ano que a UnB destina metade das oportunidades ao Sisu.

Fique atento

Pagamento: até 28 de maio
Taxa: R$ 35
Provas: 8 e 9 de novembro, com início às 13h, em todas as unidades da Federação

Tags:

publicidade

publicidade