SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Estudantes pedem mudança na data do Programa de Avaliação Seriada

A terceira etapa do PAS da UnB ocorre no mesmo dia da prova da Unicamp. Alunos de uma escola particular preparam abaixo-assinado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/09/2014 20:48 / atualizado em 02/10/2014 17:02

Pedro Henrique Silva/Esp. CB/D.A Press
A data da prova da terceira etapa do Programa de Avaliação Seriada da Universidade de Brasília (PAS/UnB), prevista para 23 de novembro, causou descontentamento em estudantes do Centro Educacional Sigma. O exame será realizado no mesmo dia da prova da primeira fase da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), que, com exceção de cidades paulistas, é aplicada somente em Brasília.

Com as datas das provas coincidindo, estudantes do 3º ano do ensino médio terão de escolher entre uma e outra. “Fiquei muito indignada, é uma chance a menos de entrar no ensino superior. Vou tentar pelo PAS porque já fiz as duas primeiras etapas e também não precisarei tirar uma nota tão alta quanto precisaria na Unicamp”, desabafa a estudante Laís Campos, 17 anos, que tentará vaga para o curso de medicina.

Laís escreveu uma carta para o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe) na última quinta-feira (25) pedindo mudança na data da prova do PAS. “Responderam que só poderiam trocar a data por motivo de força maior, porque foi acordo entre a empresa contratante – a UnB – e o Cespe”, conta. Agora, a jovem está organizando um abaixo-assinado na escola, que já conta com cerca de 170 assinaturas, para entregá-lo ao Cespe.

Na carta, Laís reclama que, como o edital do PAS foi publicado em 19 de setembro, oito dias após o término do prazo de pagamento das inscrições da Unicamp, a UnB tinha conhecimento da data da prova da instituição paulista.

Estudantes que se inscreveram para a Unicamp não tem direito a reembolso da taxa de inscrição, que foi de R$ 140. “Poderiam ter se organizado para divulgar o edital antes e não prejudicar a gente tanto financeira quanto psicologicamente. Me preparei para a prova e não vou fazê-la por conta de algo que poderia ter sido evitado”, reclama Isabella Gutierres, 17 anos, que também quer vaga em medicina.

“O conteúdo que cai na avaliação da Unicamp é diferente do que cai no PAS. A parte de química, por exemplo, é mais específica, então, estávamos estudando conteúdo a mais e que não é tão importante para o PAS, mas o é para a Unicamp”, reclama Isabella.

A estudante Giovana Amaral, 17 anos, optou pelo PAS, em que pretende tentar vaga de engenharia mecânica. “A Unicamp é uma das mais conceituadas do país, e fazer as duas provas aumentaria as chances de entrar em uma boa universidade”, acredita Giovana.

Atualização
A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do Cespe, que enviou nota na tarde desta quarta-feira (1º). Segue nota na íntegra:

O Cespe informa que os cronogramas das seleções executadas por este Centro são estabelecidos, entre outros aspectos, de acordo com a disponibilidade de datas para a realização das etapas, o desimpedimento dos espaços físicos e a contratação de pessoal para a aplicação dos eventos. Dessa forma e considerando o grande número de concursos, seleções, etapas e instituições organizadoras, este Centro esclarece que os cronogramas estão sujeitos à coincidência de datas. No caso do Programa de Avaliação Seriada da Universidade de Brasília (PAS/UnB), também há a limitação de data para a entrega dos resultados, tendo em vista a preocupação da Universidade e do Cespe em divulgar o resultado final do Programa antes da realização das inscrições de candidatos no Sistema de Seleção Unificada (SiSU) do Ministério da Educação (MEC).
Tags:

publicidade

publicidade