SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

28,8 mil oportunidades

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/11/2014 11:31 / atualizado em 17/11/2014 11:33

O ano está chegando ao fim e quem almeja ingressar no serviço público em 2015 não pode recuar nos estudos. Até fevereiro, estão confirmadas 28.787 vagas para todos os níveis de formação, a serem disputadas em 202 concursos de todo o país. Um dos mais importantes deles é o da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev). Os interessados a concorrer a uma das 4.016 chances na estatal devem ficar atentos: as inscrições terminam hoje.

A Dataprev busca novos servidores para preencher diversos cargos nos níveis médio e superior. Os aprovados poderão ser nomeados para trabalhar em qualquer uma das 26 unidades da Federação, além do Distrito Federal. Os salários vão de R$ 3.129,73 a R$ 6.395,39. As provas objetivas têm previsão para serem aplicadas em 14 de dezembro e serão exigidas para todas as ocupações as disciplinas de língua portuguesa, língua estrangeira, ética no serviço público, conhecimentos gerais e conhecimentos específicos.

A área da educação continua como uma das prioridades do governo federal. Há 585 vagas para professores e tutores de universidades federais e de institutos federais de educação, ciência e tecnologia. Ao todo, 23 são para provimento do quadro de docentes da Universidade de Brasília (UnB). Na saúde, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) oferece 345 oportunidades para médicos e técnicos a serem lotados em universidades federais.

Apreensão com o GDF


A esperança de novas vagas no serviço público no Distrito Federal vai depender da saúde financeira do governo local. Estima-se que orçamento do próximo governo comece com um rombo de pelo menos R$ 2,3 bilhões. “Não temos noção exata das contas, embora informações extraoficiais, até agora, indiquem situação bastante complicada”, comentou o coordenador-geral da equipe de transição, Hélio Doyle. Na opinião dele, seria prematuro confirmar ou não a realização de concursos. Até porque o ajuste fiscal precisará ser firme. “Não adianta sair fazendo concurso e, depois, não ter dinheiro para pagar os aprovados”, ressalvou.

Metas como enxugar a máquina pública e “gastar apenas com o necessário” nortearão o início do mandato do socialista, observou Doyle. “Teremos problemas, mas não serão definitivos”, disse. Um dos projetos para quando as contas forem acomodadas, por exemplo, seria lançar concurso destinado à substituição de pessoas que ocupam cargos comissionados na agência de notícias do governo.

No âmbito federal, o ambiente também é de indefinição. Em nota, o Ministério do Planejamento disse não antecipar informações sobre concursos públicos a serem autorizados. Para 2015, o Projeto de Lei Orçamentária
Anual prevê a criação de até 24.867 cargos. As seleções, contudo, dependerão do Congresso.

Para o advogado especialista em concurso público Max Kolbe tudo indica um freio nos concursos. “Mas não se pode parar a máquina por uma suposta redução de gastos”, defendeu. “O arrocho será inevitável. Só que há muitos concursos na iminência de serem lançados”, sublinhou o professor do Gran Cursos Mariano Borges. (DA)

Confira importantes seleções em curso


Órgão    Vagas    Salários (em R$)    Prazo de inscrição

Defensoria Pública da União    58    16,4 mil    até 8/12
EBSERH    345    1,6 mil a 7,7 mil    até 11/12*
Emgepron    120    1,6 mil    até 30/11
Dataprev    4.016    3,1 mil a 6,3 mil    até hoje
Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet)    80    2,9 mil a 16,5 mil    de 19/11 a 22/12
Polícia Militar de Minas Gerais    69    3,1 mil**    até 8/12
Secretaria de Fazenda do Piauí    20    8 mil a 11 mil    até 2/12
Tribunal de Contas de São Paulo    31    4,2 mil a 10,9 mil    de hoje a 23/1
Tribunal de Justiça da Bahia    200    3 mil a 5,1 mil    até 4/12
Tribunal de Justiça de Goiás    57    21,6 mil    até 10/12
Universidade de Brasília (UnB)    23    1,9 mil a 8,3 mil    até 26/12*

* Consulte os diferentes editais
** Depois de terminado o curso de formação para soldados do quadro de praças especialistas
Tags:

publicidade

publicidade