SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Bacharéis passam pelo funil da OAB

Primeira fase do Exame da Ordem foi realizada ontem em todo o país. No DF, candidatos não acharam o teste difícil. Os aprovados precisam fazer a segunda etapa em janeiro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/11/2014 14:23 / atualizado em 17/11/2014 14:30

Carolina Samorano , Manoela Alcântara

Os estudantes do último ano do curso de direito e os bacharéis da área testaram os conhecimentos ontem na 1ª fase do 15º Exame de Ordem Unificado (EOU). Em Brasília, os testes começaram às 13h e terminaram às 18h. Os participantes responderam 80 questões de múltipla escolha sobre disciplinas obrigatórias da graduação, entre outras. A aprovação no teste, organizado pela Fundação Getulio Vargas, é requisito para obter a inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e exercer a profissão. O gabarito está disponível nos sites oab.fgv.br e www.oab.org.br. O resultado preliminar desta fase será divulgado em 2 de dezembro, e o final, no dia 16.

Os colegas Marcos Siqueira Camelo, 23 anos, e Marcelo Boito, 32, terminaram a prova por volta das 16h30. Pela primeira vez tentando a aprovação, eles não se assustaram com o conteúdo das questões. “Algumas matérias estavam bem difíceis, mas, no geral, a prova estava fácil”, avaliou Marcelo, recém-formado em direito. Ele se preparou assistindo cursos on-line e fazendo questões com o conteúdo programático.

Já Marcos, que só se forma em 2015 — os alunos podem prestar a prova a partir do 9º semestre da faculdade de Direito —, investiu em um curso específico durante três meses. Mesmo assim, nenhum deles vê um futuro como advogado, pois pretendem a aprovação em concursos públicos. “Não é a intenção, mas, se precisar advogar, a gente advoga”, explicou Marcelo.

Lahís Helena, 27 anos, prestava o teste pela segunda vez. “A prova foi de nível médio, mas, como sempre, o problema estava na elaboração de algumas questões. Oito delas estavam bem confusas”, reclamou. Ela se formou em 2011, mas, como trabalha com consultoria empresarial, deixou o exame de lado por algum tempo. “Agora, como apareceram algumas parcerias com empresas internacionais, começou a ficar complicado passar alguns casos para outros colegas. Hoje, sim, é importante para mim. Por isso, resolvi investir”, revelou.

Aprovação

Essa primeira fase do exame tem caráter eliminatório. Só passam para a segunda etapa os que conseguirem a pontuação necessária. Eles realizarão uma prova prático-profissional, prevista em edital para 11 de janeiro de 2015. O teste terá quatro questões discursivas, além de uma redação de peça profissional, elaborada a partir de situações-problema, compreendendo as áreas escolhidas pelo candidato no momento da inscrição: direito administrativo, direito civil, direito constitucional, direito empresarial, direito penal, direito do trabalho ou direito tributário.

Os candidatos também terão cinco horas para concluir o exame na segunda fase. Os estudantes que se submeteram à última prova prático-profissional, do 14º Exame de Ordem Unificado, e não alcançaram nota igual ou superior a seis pontos poderão reaproveitar o resultado da prova objetiva para fazer o teste de 11 de janeiro. Eles devem pagar R$ 100 até 25 de novembro para se inscrever na etapa. O edital sobre o tema foi publicado em outubro.


Calendário


» Resultado preliminar da 1ª fase do Exame da Ordem
(provas objetivas): 2 de dezembro

» Resultado Final: 16 de dezembro
Data para interpor recurso: de 2 a 5 de dezembro

» Realização da 2ª fase do Exame da Ordem (prova prático-profissional): 11 de janeiro de 2015

» Inscrição para o reaproveitamento da 1ª fase do 14º
exame: das 14h de 18 de novembro até as 23h59 de 25 de novembro
Valor: R$ 100
Prazo: a impressão e o pagamento do boleto bancário poderão ser feitos até as 23h59 de 8 de dezembro de 2014

publicidade

publicidade