EDUCAçãO »

2.106 vagas e 97 cursos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/11/2014 10:55

Cristovam era o governador do DF quando o PAS foi implantado (Edilson Rodrigues/Agência Senado - 25/8/14) 
Cristovam era o governador do DF quando o PAS foi implantado


A Universidade de Brasília reserva 50% das vagas oferecidas no primeiro semestre de cada ano para o ingresso por meio do PAS. A seleção é realizada em três etapas. Os estudantes que farão o teste em 23 de novembro se inscreveram no subprograma 2012-2014. Quando confirmaram a participação na última fase, escolheram a graduação que pretendem cursar. Este ano, a instituição oferece 2.106 vagas em 97 cursos, distribuídos nos quatro câmpus: Darcy Ribeiro (Plano Piloto), Ceilândia, Gama e Planaltina. Entre as oportunidades, 1.141 vão para o sistema universal, 833 para as cotas reservadas aos alunos das escolas públicas e 132 para cotas de negros.

No próximo mês, o PAS completa a maioridade. Serão 18 anos desde que a primeira prova foi realizada, em 1996. A aprovação de um programa seriado para o ingresso na UnB veio em 1995, na gestão do então reitor, João Cláudio Todorov. À época, Cristovam Buarque era o governador. Em 1987, Cristovam, então reitor da UnB, havia recebido a ideia de fazer uma avaliação seriada para ingresso na instituição do encarregado pelo vestibular da época, Lauro Mohry. “Fiquei entusiasmado e levei-a ao governador José Aparecido, porque a UnB não tinha como fazer sozinha. Ele não se interessou. Em 1995, meu primeiro gesto como governador foi visitar o reitor Todorov, que antes tinha sido meu vice-reitor. Ali, no primeiro momento do meu governo, lhe propus realizarmos o PAS e ele topou”, conta o senador pelo PDT.

O secretário de Educação de Cristovam era Antônio Ibañez Ruiz. Eles organizaram a seleção, que foi realizada no ano seguinte. A primeira turma entrou em 1999, já na gestão de Lauro Morhy, reitor da UnB entre 1997 e 2005. Em matéria publicada pelo Correio no último domingo, o atual reitor da universidade, Ivan Camargo, garantiu que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não provocaria o fim do PAS e ainda ressaltou a importância da avaliação para a troca de experiências entre a UnB e o ensino médio.

No mês de dezembro, as provas de outras etapas mostram a continuidade dos ciclos do PAS. Os exames para os estudantes da primeira etapa do subprograma 2014 ocorrerão em 7 de dezembro. Os testes da segunda etapa serão em 6 de dezembro. Nas duas datas, o certame terá início às 13h, com cinco horas de duração.
Tags: