SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

EDUCAÇÃO »

Diminui o índice de abstenção no PAS

Segundo o balanço do Cespe, 1.740 dos inscritos - ou 13,43% - faltaram ao exame na tarde de ontem. No ano passado, o percentual de ausentes chegou a 17,89%

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/11/2014 11:39 / atualizado em 24/11/2014 11:49

Maryna Lacerda

Carolina Moroni, tranquila, disse que fez uma boa preparação ao longo do ano e sonha ingressar na UnB (Paula Rafiza/Esp. CB/D.A Press) 
Carolina Moroni, tranquila, disse que fez uma boa preparação ao longo do ano e sonha ingressar na UnB


Gabriela Borges achou as provas muito difíceis e criticou o tema da redação (Paula Rafiza/Esp. CB/D.A Press) 
Gabriela Borges achou as provas muito difíceis e criticou o tema da redação


O índice de abstenções na prova da 3ª etapa do Programa de Avaliação Seriada (PAS) caiu pelo terceiro ano consecutivo. Neste ano, apenas 13,43% dos 12.955 mil inscritos não compareceram à avaliação, de acordo com o Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB). Em números absolutos, significa que 1.740 candidatos se abstiveram do processo seletivo. No ano passado, o percentual foi de 17,89%. Em 2012, por sua vez, a taxa atingiu 19,29%. O PAS foi realizado, na tarde de ontem, e não houve registro de problemas com participantes que passaram mal. Os portões foram fechados às 13h10 e os estudantes tiveram até as 18h30 para responder as 120 questões e produzir uma redação.

O tema deste ano pedia que os candidatos discorressem sobre uma possível 3ª Guerra Mundial, neste século. A proposta desagradou Gabriela Borges, 19 anos. “Eu me dediquei à redação. Durante o ano, fizemos 37 textos, na escola. Para mim, foi péssimo, até porque investi na preparação. É muito triste, porque a gente espera se sair bem”, lamenta. Ela destaca ainda que a prova de exatas foi bastante rígida. “Achei muito difícil, não consegui responder quase nada”, reclama. A garota tenta uma vaga para biblioteconomia e explica que a opção se deveu ao fato de estar imersa no ambiente do conhecimento. “Gosto de estar entre os livros, no ambiente de escola. É algo que eu sempre quis para o futuro. Não vou desistir e vou tentar o Enem de novo, no ano que vem”, garante.

Os preparativos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foram aproveitados para a preparação da 3ª etapa, de acordo com a estudante Carolina dos Reis Moroni, 18 anos. “Na escola, os professores focaram muito no Enem, nos ajudaram muito com os temas, com o que poderia cair na prova. Aproveitamos muito do que estudamos na preparação para o PAS”, diz. A jovem tenta uma vaga para administração na universidade. “É um sonho estudar na UnB, quero muito ser aprovada”, diz.

A calma nos momentos que antecedem a prova foi  fundamental, na avaliação de Cássia Ferreira, 18. “Não estou desesperada. O que tiver que ser vai ser. Estudei durante o ano e fazia aulas extras. Nos últimos dias, preferi descansar e me divertir. Não era hora mais de tentar aprender algo, mas de relaxar’, diz. Cássia é uma das estudantes que sonham com o curso de engenharia civil, o quarto mais concorrido, depois de medicina, direito e psicologia, segundo estatística do Cespe. A graduação registrou relação de 19,7 candidatos por vaga.

As mudanças nas regras de segurança não chegaram a atrapalhar o andamento do processo de avaliação. Neste ano, o detector de metais foi aplicado em todos os candidatos, na porta da sala de aula, mas não houve atrasos significativos e os portões foram fechados às 13h10.

Em alguns locais de prova, os fiscais orientavam os alunos, na entrada, a não aguardarem os últimos instantes para ingressar na sala de prova, para que todos fossem submetidos ao aparelho com pelo menos meia hora de antecedência. A medida objetiva reforçar a transparência do processo, de acordo com o diretor acadêmico do Cespe, Marcus Vinícius Soares. “Essa medida visa tornar o processo mais isonômico e coibir qualquer tentativa de fraude. A gente regularmente aplica nos banheiros e, a partir desta edição, aplicamos em todas as salas”, diz.




PAS
Com o gabarito respondido, é hora de domar a ansiedade pelo resultado do exame. Isso porque os gabaritos preliminares das provas de conhecimento devem ser divulgados na quarta-feira, e os das questões tipo D e da redação devem sair em 19 de dezembro.
Tags:

publicidade

publicidade