SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Sisu: Gestão pública é curso com maior nota de corte parcial no IFB

À meia-noite desta terça-feira (20), o curso tinha pontuação mínima de 730,48. Instituição oferece 59% das oportunidades para cotistas de escolas públicas e figura como quarta na porcentagem de reserva de vagas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/01/2015 12:12 / atualizado em 20/01/2015 19:56

Ana Paula Lisboa , Juliana Espanhol

O Sistema de Seleção Unificado (Sisu) divulgou as primeiras notas de corte parciais à meia-noite desta terça-feira (20). No Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília (IFB), o curso de gestão pública aparece com a maior nota de corte da instituição: 730,48. Em seguida, vem o curso ciências da computação, com nota 664,26, e letras-espanhol, com 635,24. As notas são referentes ao sistema de ampla concorrência.

Nesta edição, o IFB abriu 173 vagas, divididas em oito cursos no câmpus de Brasília, Taguatinga, Planaltina, Riacho Fundo, São Sebastião e Gama. Veja aqui a lista completa das notas de corte do IFB para esta terça-feira.

No site do Sisu, é possível consultar as notas de cortes do primeiro dia para todos os cursos disponíveis.

Nota de corte
Durante o período de inscrição, uma vez por dia, o Sisu divulga a nota de corte (menor nota para ficar entre os potencialmente selecionados) para cada curso com base no número de vagas disponíveis e no total dos candidatos inscritos naquele curso, por modalidade de concorrência. Essa é apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento da inscrição, e não garante seleção na vaga ofertada. O sistema não faz o cálculo em tempo real e a nota de corte se modifica de acordo com a nota dos inscritos.

Cotas
De acordo com a relação de distribuição de vagas do Sisu divulgada pelo Ministério da Educação (MEC), o Instituto Federal de Brasília é a quarta instituição com maior porcentagem de vagas disponíveis para a Lei de Cotas ficando atrás somente da Universidade Estadual do Ceará (100%), Universidade Federal da Fronteira Sul (87%) e Universidade Federal do Sul da Bahia (66,1%). Considerando apenas os institutos federais, o IFB está em primeiro lugar com 59% das oportunidades destinadas a cotistas de escolas públicas, seguido do Instituto Federal Farroupilha.

publicidade

publicidade