SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

2,2 mil vagas na Marinha

Candidatos com nível fundamental completo podem se inscrever até 9 de março para as Escolas de Aprendizes-Marinheiros

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/03/2015 11:05 / atualizado em 01/03/2015 11:06

André Violatti
A Diretoria de Ensino da Marinha (Densm) recebe inscrições para o concurso público de admissão às Escolas de Aprendizes-Marinheiros (EAM) até 9 de março. Ao todo, são 2,2 mil vagas em nível fundamental para jovens de 18 a 21 anos, do sexo masculino. O certame é a forma de acesso ao Curso de Formação de Marinheiro para a Ativa, no qual os aprendizes recebem remuneração de R$ 680. Após serem graduados como marinheiros, o salário sobe para R$ 1,2 mil.

O curso de formação será realizado durante um ano, sob regime de internato. Nele, serão ministradas disciplinas do ensino básico e do ensino militar naval. Existem quatro EAMs recebendo candidatos para a formação: Fortaleza (EAM-CE), Recife (EAM-PE), Vitória (EAM-ES) e Florianópolis (EAM-SC). O candidato pode manifestar preferência quanto à escola. A decisão final, porém, fica a cargo da Marinha.

Jackson Peres de Sousa, 21 anos, estuda para concursos militares há três anos e pretende ingressar como marinheiro. “Meus objetivos sempre foram os concursos militares. Fui aprovado na última prova para aprendiz-marinheiro, mas tive que abandonar o curso por causa de outra oportunidade. Desta vez, pretendo assumir o cargo. Para isso, faço cursinho, estudo de seis a oito horas por dia e me preparo fisicamente”, disse o estudante.

Etapas

O concurso é constituído de prova objetiva, com 50 questões de conhecimentos gerais sobre português (15), matemática (15) e ciências (20). Além disso, são exigidos, em caráter eliminatório: inspeção de saúde, teste de aptidão física, avaliação psicológica, verificação de dados biográficos e verificação de documentos. Jackson toma um cuidado especial com a saúde para evitar problemas. “Durante todo o ano do concurso, mantenho uma alimentação balanceada, além de fazer exercícios físicos regulares”, conta o concurseiro, que prática atletismo e natação, inclusive nos fins de semana.

Todas as etapas do concurso, antes do curso de formação, podem ser realizadas em 13 estados e no Distrito Federal. Para o professor Stelvio Pinheiro, que leciona matemática para concursos militares no Curso Degraus, esta é uma ótima oportunidade para quem deseja ingressar nas Forças Armadas. “No caso dos marinheiros, estudantes com ensino fundamental completo concorrem à vaga cuja remuneração é de R$ 1,2 mil”, compara. O professor ainda ressalta os benefícios da carreira militar. “Há um esquema de progressões sucessivas por acensão cronológica. Com o tempo, o marinheiro pode ser promovido a cabo, posteriormente a sargento e enfim para suboficial, com salário de R$ 5 mil”, explica.

A prova
Com base nas provas anteriores e no nível de escolaridade exigido, o estudante pode esperar uma prova objetiva sem muitas dificuldades. É o que pensa o professor de matemática Marcos Antônio Dias, que acumula 20 anos de experiência com educação militar. “É um concurso de conteúdo fácil, mas, dependendo do nível de formação que o candidato recebeu durante o ensino fundamental, ele pode se complicar um pouco. Os alunos devem se dedicar principalmente à resolução de provas anteriores, já que os concursos militares são muito tradicionais e se voltam aos exercícios clássicos”, afirma.

Entre as disciplinas cobradas na prova estão: álgebra, aritmética e geometria (em matemática); morfologia, sintaxe e semântica (em português); física e química (em ciências). Professora de português do Curso Degraus, Simone Tavares Dias espera uma prova fácil e com conteúdo limitado. “O certame exige pouca interpretação textual, por isso o aluno deve estudar as técnicas gramaticais, principalmente morfossintaxe. Também é importante fazer um programa de estudo e se organizar”, disse.

O curso

Para ser efetivado como marinheiro após o curso de formação, os participantes devem ser aprovados nas disciplinas básicas — como português, matemática e inglês — e matérias do ensino militar naval — como marinharia, armamento, liderança e organização de navios. Os aprendizes ainda deverão desenvolver atividades teóricas e práticas relacionadas às disciplinas do curso, incluindo exercícios em simuladores.


O que diz o edital

  • Concurso público de acesso à Escola de Aprendizes-Marinheiros
  • Inscrições: até 9 de março, pelos sites www.ensino.mar.mil.br ou www.ingressonamarinha.mar.mil.br
  • Taxa: R$ 15
  • Salário: R$ 680 (durante o curso) e R$ 1,2 mil (após o curso)
  • Vagas: 2,2 mil
  • Provas: Data a ser definida

Passe Bem / Matemática

Em uma divisão entre dois números inteiros o quociente é 8, o divisor é 12 e o resto é o maior possível. Logo, o dividendo será:
(A) 20
(B) 96
(C) 106
(D) 107
(E) 108

Comentário:
Essa questão explora o conhecimento do aluno quanto aos elementos de uma divisão não exata. Existem quatro elementos: dividendo (D), divisor (d), quociente (q) e o resto (r). Esses quatro elementos obedecem sempre duas leis:
01. D = d.r + q
02. r

publicidade

publicidade