SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Número de financiamentos concedidos pelo Fies será limitado

Sistema on-line controlará quantidade de alunos atendidos pelo programa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/03/2015 18:29 / atualizado em 12/03/2015 18:34

Ana Paula Lisboa

Se o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) já estava causando dor de cabeça a estudantes – com a demora na liberação do sistema on-line para novos contratos e outras dificuldades que têm causado filas em faculdades para cadastros – e a instituições de ensino superior – já que portaria estabeleceu que os pagamentos às entidades fosse feito em oito parcelas em vez de 12 por ano –, mudanças do Ministério da Educação (MEC) devem trazer novas preocupação aos interessados no programa. O Fies conta com quase 2 milhões de estudantes, e os contratos eram feitos diretamente nas faculdades, sem limitação para a quantidade de financiamentos concedidos por curso ou instituição. Mas isso está prestes a mudar. A proposta é que o Fies conte com um sistema unificado on-line que deve limitar o número de vagas.

Até o ano passado, praticamente qualquer pessoa podia ter acesso ao financiamento em curso com conceito 3 ou superior na avaliação do MEC. A partir do segundo semestre deste ano, os alunos do Fies serão selecionados on-line, e o número de vagas para financiamento será baseado no orçamento disponível. A liberação das vagas passará ainda por critérios de qualidade e proporcionalidade (baseados, respectivamente, no conceito do curso e na quantidade de alunos que solicitam financiamento para um curso ao longo do tempo).Além disso, foi estabelecido no ano passado que os alunos devem tirar, no mínimo, 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Por e-mail, a assessoria de imprensa do MEC se manifestou sobre o caso: “Sobre novas inscrições, é importante esclarecer que as requisições, atualmente, são liberadas por instituição de ensino e por curso, em ordem cronológica, ressalvados os critérios de qualidade, distribuição regional e disponibilidade de recursos. A abertura do Fies 2015 leva em consideração a qualidade dos cursos, com atendimento pleno aos cursos nota 5. Já nos cursos nota 3 e 4 são considerados alguns aspectos regionais, como por exemplo cursos e localidades que historicamente foram menos atendidos.”

A assessoria disse ainda que os contratos já firmados anteriormente com o Fies estão assegurados (para esses, o prazo de aditamento vai até 30 de abril) e que novos contratos podem ser solicitados até 30 de abril. Sobre a instabilidade do sistema on-line, a assessoria garantiu que o Fundo Nacional de Densenvolvimento da Educação (FNDE) e o MEC estão trabalhando para garantir estabilidade ao sistema. “Ocorre que, devido à forte demanda dos últimos dias, o sistema passou por problemas de performance, o que é uma situação muito dinâmica. Mas é necessário lembrar que sistemas de grande volume de acessos passam por esse tipo de situação, de forma sazonal, e os órgãos responsáveis estão tomando todas as medidas possíveis para superar as dificuldades.”A pasta garantiu ainda que a rede de atendimento a alunos foi reforçada e atenderá pelo telefone 0800 616161 inclusive durante os fins de semana.

publicidade

publicidade