SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO

Taxa de inscrição do Enem praticamente dobra e sobe para R$ 63 em 2015

Mudança deve significar R$ 60 milhões a mais de arrecadação e foi anunciada nesta quinta (14), em coletiva no MEC. Provas serão em 24 e 25 de outubro, e expectativa é de que 9 milhões de candidatos participem

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/05/2015 14:53 / atualizado em 20/05/2015 19:30

Kelsiane Nunes /Especial para o Correio

Kelsiane Nunes/Esp. CB/D.A Press
Neste ano, o cartão de inscrição será enviado por e-mail e não mais por Correio para diminuir os custos. Só com essa medida, segundo o ministro da Educação, serão economizados R$ 18 milhões.

Outra mudança pretende diminuir o número de faltas entre os candidatos e determina que quem faltou à prova sem justificativa só possa se inscrever novamente pagando a taxa de inscrição, mesmo que se encaixe nos perfis que têm direito à isenção. Em 2014, cerca de 29% dos inscritos não fizeram a prova.

Todas essas medidas devem fazer com que o custo de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio fique 20% mais barato em 2015.

Data da prova

O edital do Enem deve ser publicado até a próxima semana, e o exame será aplicado em 24 e 25 de outubro. A expectativa é que 9 milhões de candidatos façam a prova. Em 2015, os malotes de prova só serão abertos 30 minutos após o fechamento dos portões (que ocorre às 13h) nos locais onde o teste for aplicado. "A mudança é fruto de uma análise ampla sobre segurança, que sempre pode ser melhorada", comentou Chico Soares, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), sobre a alteração. 850 mil pessoas devem trabalhar na aplicação do exame este ano.

Enem digital
A ideia de fazer um Enem digital deverá ser adiada. "Este ano nós não temos dinheiro ainda para fazer", disse o ministro Renato Janine Ribeiro.

Correção das provas
Ao acessar o espelho da redação do Enem, de 2014, o estudante Francinaldo Guedes Pereira, 16 anos, da Paraíba, descobriu que tirou 600 pontos na redação mesmo após ter escrito uma brincadeira sobre a data do aniversário dele. Mesmo assim, Chico Soares afirmou que as redações estão sendo corrigidas por meio de um sistema confiável quando questionado sobre o assunto.

Fies
Sobre o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), o ministro Renato Janine Ribeiro disse que está em negociação com o Ministério da Fazenda para conseguir fazer novas contratos.

Inclusão
Na edição deste ano os alunos que comprovarem com laudo médico ter descalculia – distúrbio de aprendizagem com números – poderão solicitas o recurso de ledor e transcritor nos dias das provas. Outra medida que visa a inclusão é direcionada aos travestis e transexuais. Eles poderão utilizar o nome social e utilizar banheiros de acordo com a opção sexual. Para isso é necessário solicitar o atendimento entre 15 e 26 de junho.

Exigências na inscrição
Os candidatos não poderão utilizar o mesmo endereço de email para fazer diferentes inscrições. Além disso, será obrigatório fornecer número de celular ou telefone fixo que sejam válidos.

Estimativas de logística
O ministério prevê que as provas serão aplicadas em 1,7 mil municípios em 18,9 mil locais de provas.

Calendário
Publicação do edital: 18 de maio

Período de inscrição: das 10h de 25 de maio até 23h59 do dia 05 de junho somente site do exame


Prazo final para pagamento da taxa: do dia da emissão do boleto até 21h59 de 10 de maio

Período de inscrição: das 10h de 25 de maio até 23h59 de 5 de junho somente pelo site do exame

Período para solicitação de uso de nome social: entre 15 e 26 de junho

Provas: 24 e 25 de outubro. O fechamento dos portões será às 13h (horário de Brasília) e o início das provas ocorre às 13h30. No primeiro dia serão cobrados os conteúdos de ciências humanas e ciências da natureza e a prova terá duração de 4h30. No domingo, os candidatos terão 5h30 para responder itens sobre linguagens, códigos e suas tecnologias, matemática e fazer a redação.

 

publicidade

publicidade