SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Universidade Católica divulga lista dos aprovados no 2º vestibular de 2015

Mais de 2 mil vagas foram oferecidas nesta edição do processo seletivo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/06/2015 16:56 / atualizado em 09/06/2015 20:46

Kelsiane Nunes /Especial para o Correio

Universidade Católica de Brasília divulgou na tarde desta terça-feira (9) a lista com 1.040 aprovados no processo seletivo para 36 cursos presenciais e 16 a distância do segundo semestre deste ano. Ao todo foram oferecidas 2 mil vagas. Medicina e odontologia foram os cursos mais disputados entre os candidatos.  O exame foi aplicado em 31 de maio.

As matrículas devem ser feitas a partir de 12 de junho, às 14h no Câmpus I, Bloco L, Sala 20. Os aprovados devem levar no ato da incrição os dados cadastrais impressos, documento de identificação, certificado de conclusão do Ensino Médio, histórico escolar, CPF do aluno e do responsável financeiro, foto 3x4, comprovante de residência expedido no máximo de 90 dias,  Título de  Eleitor (obrigatório a partir dos 18 anos de idade) e  Certificado de  Reservista ou Alistamento Militar (para candidatos do sexo masculino). O responsável financeiro deverá acompanhar o aluno no momento da matrícula para assinar o contrato.

O curso mais concorrido foi o de medicina com 3.149 inscritos para disputar 40 vagas. Em meio a disputa, a estudante Karina Cordeiro, 21 anos, se destacou. Ela conseguiu 855,5 pontos, considerada a melhor nota da seleção. A estudante estuda há três anos e seis meses para conseguir ser aprovada em medicina e não esperava  ficar em primeiro lugar no vestibular da Católica: “Corrigi a  prova e comparando com as notas do vestibular passado, não esperava que fosse passar. Por conta disso, não acompanhei o resultado e fiquei sabendo da  pontuação  que obtive  por  meio de amigos”, conta.

A  estudante  ainda não tem certeza se vai se matricular na instituição porque aguarda o resultado da Universidade de Brasília (UnB). Apesar disso, ela não vê a hora de começar a cursar medicina. “Desde criança eu tenho esse sonho. Grande parte da minha família trabalha na área da saúde . Então, cresci vendo eles atuando, o que me influenciou na escolha. Espero há muito tempo e estou ansio sa para começar a estudar  na área que  sempre quis”, diz. A rotina de estudos de Karina começava  às 7h20, de segunda a sábado, e terminava às 20h. Esse tempo era dividido entre aulas em um cursinho pré-vestibular e estudos com apostilas e provas de diversas seleções. 

 

Confira a lista dos aprovados em Medicina aqui e os demais cursos neste link

publicidade

publicidade