TRABALHO »

Autorizadas 950 vagas para o INSS

Edital deve sair até dezembro para cargos de níveis médio e superior com salários de R$ 4.886 e R$ 7.496, respectivamente. Ministério do Planejamento anuncia nomeação de 150 aprovados no concurso de 2013 para substituir terceirizados

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/06/2015 10:58 / atualizado em 30/06/2015 11:01

Alessandra Azevedo

Breno Fortes
O concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), um dos mais esperados do ano, foi autorizado ontem pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. No total, serão abertas 950 vagas, sendo 800 para o cargo de técnico do seguro social (nível médio), com remuneração inicial de R$ 4.886,87, e 150 para analista do seguro social (superior), com salário de R$ 7.496,10. O edital de abertura deve sair até dezembro.

Além da realização do certame, o quadro do INSS será reforçado por 150 analistas aprovados no concurso de 2013. O objetivo das medidas é melhorar a atuação do instituto, que está expandindo a rede de atendimento e, até o fim deste ano, deve somar 150 agências às 1,4 mil já existentes no país. “Essas autorizações vão dar ao INSS os recursos humanos necessários para executar novas atividades, como o pagamento do seguro defeso, bem como abrir novos postos de atendimento”, explicou o secretário de Gestão Pública do ministério, Genildo Lins.

Embora expressivo, o número de vagas autorizado ficou abaixo do esperado. O pedido do INSS previa abertura de 4.370 vagas. De acordo com auditoria feita pelo Tribunal de Contas da União (TCU) no ano passado, a autarquia tem vacância de 5 mil servidores e outros 10 mil estão em condições de requerer a aposentadoria. Situação que, segundo a diretora executiva da Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos (Anpac), Maria Thereza Sombra, precisa ser encarada com urgência. “Mas 950 vagas é muito pouco, não chega nem perto do número necessário. Estão abrindo novas unidades de atendimento, mas não tem ninguém para atender”, alertou.

O professor Carlos Mendonça, da Gran Cursos Online, concorda que o número não atendeu as expectativas. No entanto, lembrou a possibilidade de serem chamados até 50% a mais — ou seja, o número pode chegar a 1.425 novos servidores. Ele acredita que assim que os ajustes fiscais fizerem efeito, esse número vai aumentar.

Para Mendonça, a concorrência vai ser grande: a expectativa inicial é de que 1 milhão de candidatos participem do certame. O último concurso do INSS foi realizado em 2013, pela Funrio, quando foram abertas 300 oportunidades para analista. O para cargo de nível médio, o ocorreu em 2011, e foram abertas 1,5 mil vagas para técnico e outras 375 para perito médico previdenciário. A banca foi a Fundação Carlos Chagas.

Inca receberá 588 aprovados
Além da autorização para abertura do concurso do INSS, o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão liberou a nomeação dos candidatos aprovados no último concurso realizado pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca), realizado em outubro de 2014. A chamada foi publicada ontem no Diário Oficial da União (DOU).  As 588 nomeações serão para substituir terceirizados. Para nível superior, serão chamados 276 tecnologistas e 76 analistas em ciência e tecnologia, os dois com remuneração inicial de R$ 11.987,37. Para nível médio, 32 assistentes em ciência e tecnologia e 174 técnicos, com remuneração inicial de R$ 4.083,77. Segundo o Planejamento, os aprovados podem ser efetivados a partir de julho, desde que as contratações sejam combinadas com a extinção dos postos de trabalho terceirizados.