SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Na reta final para o Enem

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/08/2015 12:24

Paloma Suertegaray


Os amigos Daniela (E), Kaio e Letícia têm intensificado os estudos e aproveitado para resolver muitas questões (Andre Violatti/Esp. CB/D.A Press)
 

 

Os amigos Daniela (E), Kaio e Letícia têm intensificado os estudos e aproveitado para resolver muitas questões


Com as datas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) chegando, em 24 e 25 de outubro, focar no estudo é prioridade. Rever os assuntos ensinados em sala de aula, ler apostilas, assistir a videoaulas, resolver listas de exercícios e simulados são estratégias válidas para vencer a concorrência e conquistar a tão sonhada vaga na universidade. Para ajudar na empreitada, o Correio Braziliense publicará 12 fascículos especiais, em parceria com o sistema Ari de Sá Ensino, para levar aos alunos todo o conteúdo necessário para estar bem preparado para a prova. Além do material, o jornal promoverá um simulado on-line e um especial dentro do caderno Eu, Estudante.

A moradora do Lago Sul Letícia Costa Farias Marques, 17 anos, cursa o 3º ano no Colégio Sagrado Coração de Maria e passa boa parte do dia estudando para conquistar uma vaga em engenharia civil na Universidade de Brasília (UnB). Além das aulas, ela dedica pelo menos três horas diárias às práticas para o Enem. “Imprimi uma apostila com exercício e faço uns 20, à noite, fora todos os deveres do colégio. Quando eu não entendo algum tema, aproveito para revisar, o que ajuda na fixação do conteúdo”, diz a jovem. Como o Enem não tem pesos diferentes para cada área de conhecimento, da mesma forma que o vestibular, Letícia procura dividir o tempo entre todas as matérias e não deixar nada de fora.

Os amigos Daniela Ferreira de Oliveira, 17, moradora da Asa Norte, e Kaio Fábio da Cunha Melo, 17, de Sobradinho, também são alunos do 3º ano no Sagrado Coração de Maria. A pesada rotina de estudos dos dois colegas se assemelha à de Letícia. “Quero passar em engenharia de produção. Durante a tarde, resolvo questões em livros e sites. Para não me cansar demais, faço pausas de 20 minutos a cada hora de estudo”, comenta Daniela. Kaio procura tirar pequenos descansos ao longo do dia para maximizar a produtividade. “A escola disponibiliza salas para a gente estudar, o que é muito bom. Também conversei com os diretores para poder virar monitor de turmas mais novas. É ótimo para fixar o conteúdo já estudado.” Ele aspira uma vaga no curso de engenharia elétrica.

Estratégias
O Enem é composto por quatro avaliações objetivas, com 45 questões cada, e uma redação. Em 24 de outubro, serão realizados os exames de ciências humanas e ciências da natureza, e, no dia seguinte, os de linguagens e códigos, matemática e redação. Fazer muitos exercícios, procurando ser o mais rápido possível, é uma das principais dicas dos professores do ensino médio, acostumados a preparar alunos para a prova (veja quadro). “Sempre oriento os meus alunos a resolverem as últimas provas do Enem, o que lhes permite entender as habilidades e as competências exigidas, e direcionar os próprios estudos para as matérias nas quais têm mais dificuldade”, explica o professor de língua portuguesa do Colégio Ideal Daniel Cavalcante.

Docentes também recomendam algumas estratégias na hora de decidir o que priorizar nos estudos. “É muito importante investir em matemática e português, porque há uma quantidade maior de questões no exame. Também é necessário que o aluno esteja bem atualizado, de modo geral, e que ele preste muita atenção aos comandos da prova”, diz o professor de biologia e coordenador de Ensino Médio do Colégio Olimpo, Marconi Faria. “Disciplina nos estudos é fundamental, além de refazer provas antigas do Enem e praticar redação, para escrever bem e rápido. O exame é diferente do vestibular e cobra bastante teoria, então é importante focar nisso”, aconselha o coordenador de vestibular e professor de física do Colégio Sagrado Coração de Maria, William Santos.


Dicas para os estudantes

» A prova do Enem desprivilegia a “decoreba” e valoriza a análise. Logo, a interpretação de texto é muito importante.

» A estrutura da prova é de múltipla escolha, portanto, o aluno deve praticar fazendo provas desse tipo. O estudante deve observar a matriz curricular divulgada pelo Enem e basear os estudos nela.

» Temas como variações linguísticas — norma culta, regional e coloquial — e os objetivos do texto publicitário, jornalístico e do hipertexto são cobrados com frequência.

» É recomendado intensificar os estudos nos dois meses que antecedem a prova e dedicar, ao menos, quatro horas diárias à atividade, além do tempo passado no colégio. Para que o estudante não fique sobrecarregado no dia da prova, no entanto, é aconselhável diminuir gradativamente o ritmo de estudos 15 dias antes do exame.

» Fazer as provas anteriores é essencial para observar as competências e as dificuldades e poder focar os estudos nas matérias que mais necessita. Como o Enem traz muitas situações-problema, fazer muitos exercícios ajuda na criação de habilidade para resolvê-las.

» Quando errar um exercício, mesmo que entenda o método     correto, refazer é primordial para fixar o conteúdo aprendido.

» A prova de redação, normalmente, traz problemáticas atuais, então, os alunos devem estudar temáticas sociais e geopolíticas para conseguirem argumentar sobre diversos assuntos.

Fonte: Colégio Ideal

publicidade

publicidade