SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Cursinho online ajuda alunos a economizar tempo e dinheiro

Estudantes trocam sala de aula pelo computador para reduzir custos com deslocamento e aulas na preparação para o Enem

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/09/2015 16:20 / atualizado em 15/09/2015 11:53

Assim como muitos estudantes, Victor Ferreira, 17 anos, concilia as aulas da escola com uma preparação intensa para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Mas ele não precisa se deslocar todos os dias até o curso, porque faz o preparatório online. “Eu optei pelo Stoodi justamente porque não tinha tempo para o cursinho. Eu trabalhava e precisava de algo prático e rápido”, explica. Esse é apenas um dos sites que oferecem videoaulas e exercícios para quem quer se preparar para os vestibulares. Flexibilidade e preço já atraiu mais de meio milhão de estudantes.

Os sites cobrem o conteúdo exigido no edital do Enem por meio de videoaulas curtas, com duração de 5 a 15 minutos. Para praticar, os alunos podem fazer os exercícios relacionados a cada módulo e assistir às correções em vídeo. Só parte do conteúdo está disponível gratuitamente. Para ter acesso ao pacote completo, é preciso ser assinante. “O preço é muito em conta em relação ao cursinho presencial”, afirma Victor. Ele optou pelo pacote semestral do Stoodi, no valor de R$ 89,90. Um curso preparatório em Brasília custa em média R$ 2.500 por semestre.

 

Rodrigo Nunes/Esp. CB/D.A Press
 

 

Outra vantagem é a flexibilidade, já que o aluno assiste aos vídeos quando for mais conveniente. Mas para que as aulas online funcionem como um curso preparatório é preciso disciplina. Victor, por exemplo, organizou a grade de estudos com auxílio dos professores da escola. Com o objetivo de passar no curso de direito na Universidade de Brasília (UnB), ele estuda cinco horas por dia. Duas são exclusivamente por meio da plataforma online. “Tudo depende do aluno. Se ele não quiser, não vai conseguir desfrutar do conteúdo do site”, afirma.

Marco Aurélio Andrade, 51 anos, também se prepara online. Ele usa o site Me Salva e acredita que o método funciona. “Eu gosto do formato da aula. Você só vê a mão e escuta a voz da pessoa, isso ajuda a se concentrar melhor.” Ele, que está se aposentando agora da polícia militar, já é aluno de educação física na UnB, mas quer realizar o sonho de estudar medicina. Também já foi aprovado em outros vestibulares e prefere se preparar sozinho. Para ele, a vantagem do curso online é a rapidez. “Uma videoaula de poucos minutos às vezes cobre o conteúdo de um capítulo do livro. Como falta pouco tempo para o Enem, essa agilidade é fundamental.”

Metodologia

Para que o aprendizado seja mais fácil, os conteúdos são divididos em módulos bem específicos e de maneira progressiva. “O primeiro módulo de matemática é sobre operações básicas. É para o aluno que realmente não sabe nada. Aos poucos, ele evolui para módulos mais avançados, com nível de vestibular”, explica Vinicius Neves, diretor de conteúdo do Stoodi. De acordo com ele, os professores das videoaulas também dão aulas em cursinhos e escolas em São Paulo e já estão acostumados com a preparação para o Enem.

Davis Posso, professor de biologia no Stoodi, explica que precisou fazer adaptações nas aulas presenciais para o formato online. “Uma aula de 50 minutos na escola é fragmentada em dois ou três vídeos. A duração curta é importante para manter a concentração do aluno”, explica. Em compensação, ele conta que é possível inserir elementos interativos mais facilmente do que em sala. Para o professor, a maior dificuldade é acompanhar o progresso do aluno. “Observar a evolução do estudante na sala de aula é algo imediato, mas no ambiente virtual é um desafio.” De fato, um dos pontos que as plataformas ainda não cobrem completamente é a solução das dúvidas. Victor conta que, quando não entende algo, recorre aos professores da escola.

Diretor do Me Salva, Miguel Andorffy explica que a plataforma não nasceu com o intuito de ser exatamente um cursinho online. “Nosso objetivo é ser o melhor amigo do aluno e ajudá-lo a fazer a própria gestão do seu aprendizado.” Mas ciente de que muitas pessoas usam a plataforma como curso preparatório, a equipe tem se organizado para oferecer serviços mais especializados. Na reta final para o Enem, a plataforma vai disponibilizar gratuitamente oito aulões de revisão e uma maratona de simulados.

Quanto custa um cursinho online?

Stoodi
Conteúdo: 2.000 aulas, 3.500 exercícios, resumos teóricos
Grátis: primeira aula de cada módulo, provas e gabaritos de vestibulares e Enem
Assinantes: aulas mais avançadas dos módulos, exercícios e correção em vídeo
Pacotes: Mensal: R$ 19,90 - Semestral: R$ 89,90 - Anual: R$ 149,90
Site: www.stoodi.com.br

Me Salva!
Conteúdo: 2.600 aulas e 6.400 exercícios
Grátis: Revisão para o Enem e Maratona de Simulados, mais da metade do conteúdo do site é de acesso livre
Assinantes: revisões e cursos preparatórios exclusivos
Pacotes: Mensal: R$ 40 - Semestral: R$ 192 - Anual: R$ 336
Site: www.mesalva.com

publicidade

publicidade