SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Estudantes perdem a prova do Enem por cinco minutos de atraso

Teve candidato que foi para o local de prova errado e alguns reclamaram de falta de ônibus e de metrô

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/10/2015 13:54 / atualizado em 24/10/2015 15:28

Gláucia Chaves , Alessandra Oliveira - Especial para o Correio , Isa Stacciarini

O candidato ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) Eduardo Monteiro, 19 anos, chegou dois minutos depois de o portão fechar. Morador de Samambaia, ele errou o local de prova. Primeiro, foi para o UniCeub de carro, mas, ao constatar que não faria a prova lá, improvisou e caminhou até a Unieuro. O jovem pediu tolerância dos fiscais, mas não adiantou. Inconformado, solicitou falar com a coordenação do certame.

 

André Violatti/Esp. CB/D.A Press


Sídio Souza, 29 anos, chegou cinco minutos depois. Ele saiu de Samambaia com a amiga Débora Machado, 29 anos. A dupla justificou o atraso pela falta de ônibus e de metrô. Segundo Débora, os trens só passavam a cada meia hora. “Deveriam ter colocado mais trens e alocado as pessoas para fazerem as provas perto do local onde moram”, avaliou.

publicidade

publicidade