Tema da redação do Enem 2015 é violência contra a mulher

A escolha segue a mesma linha de assuntos anteriores abordados pelo exame

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/10/2015 13:43 / atualizado em 25/10/2015 14:07

Ricardo Daehn

Reprodução
O Ministério da Educação (MEC) divulgou pelas redes sociais o tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2015. Seguindo a linha de temas bastante explorados desde a instituição do exame, em 1998, neste ano, a redação - sempre temida pelos candidatos - apostou em abordagem contemporânea e social: a violência contra a mulher. Seguindo norma culta e tendo como parâmetros padrões de lógica integrados aos direitos humanos, os candidatos não devem ter tantas dificuldades, num quadro semelhante a outros anos, em que temas versaram em torno da preservação ambiental, da violência na realidade brasileira e do trabalho infantil.

Os alunos terão de redigir um texto, do tipo dissertativo-argumentativo, com até 30 linhas, e também responder a 45 questões de linguagens, códigos e suas tecnologias e outras 45 de matemática e suas tecnologias. Na prova de redação são avaliados aspectos relacionados às competências que devem ter sido desenvolvidas durante os anos de escolaridade. Os participantes devem defender uma tese – uma opinião – a respeito do tema proposto, apoiada em argumentos consistentes, estruturados de forma coerente e coesa, de modo a formar uma unidade textual.

Para conquistar um bom resultado na prova de redação do Enem, os participantes precisarão demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa. Será necessário também selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista, respeitando os direitos humanos.

O texto produzido pelos participantes será avaliado por, pelo menos, dois professores, de forma independente, sem que um conheça a nota atribuída pelo outro. A soma de pontos de cada avaliador pode chegar a 1.000 pontos. A nota final do participante será a média aritmética das notas totais atribuídas pelos dois avaliadores.

A redação receberá nota zero se apresentar fuga total ao tema ou não obedecer à estrutura dissertativo-argumentativa. Os textos com até sete linhas ou que contiverem impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação, bem como parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto, ou ainda desrespeito aos direitos humanos, também serão avaliados com nota zero. O mesmo vale para os casos em que a folha de redação for entregue em branco, independente do conteúdo desenvolvido na folha de rascunho.

Com informações do Inep