SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Tolerância no fechamento dos portões do Enem beneficia atrasados

No sábado (24), responsáveis pelo controle da entrada de candidatos de um dos locais de prova deixaram algumas pessoas entrarem depois das 13h

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/10/2015 16:05 / atualizado em 25/10/2015 16:27

Alessandra Oliveira - Especial para o Correio

No último sábado (24/10), alguns dos candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2015 tiveram um tempo extra para ter acesso ao local de avaliação. Uma escola na Asa Sul reabriu o portão para pelo menos seis pessoas após as 13h. O flagrante foi feito por uma emissora de rádio e registrado em vídeo e alguns estudantes confirmaram que candidatos entraram atrasados na sala de aula.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou que todas as ocorrências são relatadas em ata pelo coordenador do local de provas e que, posteriormente, todas as atas são encaminhadas para análise do Inep.


A aluna Emanuelly Lima, 15 anos, fez a avaliação na instituição de ensino para treinar os conhecimentos. Ela confirmou que outros candidatos entraram na sala após o horário permitido na tarde de sábado (24), mas disse que não aconteceu o mesmo neste domingo (25). Ela foi uma das primeiras a deixar o local de prova no segundo dia de avaliação e comentou a redação. “O tema da redação não era óbvio, mas foi tranquilo de escrever. No cursinho eles tinham colocado esse assunto em discussão”, disse.

 

Breno Fortes/CB/D.A Press


Caio Alves, 19 anos, também confirmou que outros candidatos tiveram acesso à sala de aula após as 13h no sábado. Ele também deixou o local logo depois das 15h30 quando os estudantes são autorizados a sair sem o caderno. “Fiz o Enem pela primeira vez. Para a redação mantive a calma e usei mais a minha opinião para escrever. Não me baseei em nenhuma notícia. Fui mais pelo que as mulheres vivem no dia a dia”, explicou.

 

Breno Fortes/CB/D.A Press
 

publicidade

publicidade