SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Polícia impede grevistas de fechar o Eixão

Professores queriam interditar a pista por meia hora para que a greve ganhasse visibilidade

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/10/2015 18:44 / atualizado em 29/10/2015 10:58

O piquetaço dos professores continua a causar confusão. No fim  da tarde desta quarta-feira (28), grevistas fecharam o fim das pistas Norte e Sul do Eixão como uma forma de chamar a atenção da sociedade. “A ideia era que a pista ficasse fechada só meia hora, para chamar a atenção, não queríamos atrapalhar o trânsito”, explicou Rosilene Corrêa, 51 anos, diretora do Sindicato dos Professores (Sinpro-DF).

Ela conta que o ato era para ser pacífico, mas a Polícia Civil não entendeu desta forma e expulsou os grevistas do local, com direito a bombas de efeito moral. “Nossa luta não é contra a sociedade, e sim com o governador Rollemberg. Só queremos visibilidade para a causa”, declara Rosilene.

Apesar da desavença, a Polícia Civil auxiliou os professores durante todo o piquetaço realizado nesta quarta-feira (28). Desde a saída da concentração no Estádio Nacional Mané Garrincha, auxiliando no trânsito, até fazendo a segurança, dentro das escolas.

publicidade

publicidade