SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Conheça os primeiros colocados no PAS/UnB

Resultado do Programa de Avaliação Seriada foi divulgado pelo nesta sexta-feira (8)

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/01/2016 18:34 / atualizado em 08/01/2016 19:21

Arquivo pessoal
A estudante Letícia Assad Maia Sandoval, 18 anos, foi a primeira colocada geral no Programa de Avaliação Seriada da Universidade de Brasília (UnB). Ela concluiu o ensino médio no Galois e foi avisada pela família de que haviam ligado para informar que ela alcançou a maior nota na avaliação. “Eu estava embaixo do bloco onde moro, na Asa Norte. Não quis ver. Meus pais que me avisaram que a nota tinha saído e que eu tinha sido a primeira colocada”, conta. Ela também prestou o vestibular para a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), mas não obteve aprovação. Além disso, Letícia também estava aguardando o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que foi divulgado no fim da tarde desta sexta-feira (8). “Agora nem vou olhar mais. Estou aguardando meus familiares para ir comemorar na UnB”, afirma.

A receita para tirar a nota mais alta é a mesma recomendada para todos os candidatos que desejam a aprovação: muito estudo, resolução de exercícios e preparação. “Fiz cursinho desde o primeiro ano e, no último semestre, participei de um grupo de resolução de questões para a prova, chamado Domingo Resolve. Isso com certeza foi um diferencial. Um dos meus colegas já havia corrigido a minha prova pelo gabarito oficial e me disse que achava que eu seria a primeira colocada, mas eu não esperava”, disse.

Mesmo sendo filha de médica, a carreira nem sempre foi a escolhida por Letícia. “Decidi no terceiro ano do ensino médio que queria ser médica, trabalhar com pesquisa. Antes pensava em fazer engenharia civil ou arquitetura”, revela.
 
Arquivo pessoal
A estudante Sofia Catharina Disegna, 17, foi a segunda colocada no programa e foi aprovada para cursar engenharia elétrica. A jovem terminou o ensino médio no ano passado e agora comemora a aprovação pelo PAS. "Eu realmente não esperava, a colocação foi uma surpresa. Eu imaginava que teria uma nota boa, mas não ficar em segundo lugar", conta. A família da estudante está orgulhosa com o resultado. "Meus pais confiavam em mim, eles estão muito felizes", acrescenta. Sofia escolheu o curso de engenharia elétrica porque desde pequena sempre soube que queria ser inventora. "Fazer engenharia seria tornar esse sonho mais real", diz.

A jovem é moradora de Planaltina e estudava no Sigma da Asa Sul. Segundo Sofia, ela estudava de três a quatro horas por dia desde o início do ensino médio. "Eu escolhi estudar em uma escola boa, mesmo morando longe. Estudei religiosamente todos os dias desde o primeiro ano." Ela também fez a prova do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (Ita) e também aguarda o resultado para saber onde irá estudar.

publicidade

publicidade