GUIA DE CONCURSOS »

Mais de 900 vagas na Eletrobras

Concurso da estatal oferece 106 vagas para preenchimento imediato, e salários de até R$ 7,6 mil. Todos os postos serão lotados em Rondônia, e o certame é composto por prova objetiva e teste físico

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 03/04/2016 13:45

Arquivo Pessoal

As Centrais Elétricas de Rondônia, empresa controlada pela Centrais Elétricas Brasileiras S/A (Eletrobras), abriu concurso para cargos de níveis fundamental, médio e superior. São 920 vagas, das quais 106 são para preenchimento imediato e 814 para cadastro reserva. Todos os postos são lotados em Rondônia, em três macrorregiões distintas. As provas serão aplicadas em Porto Velho no fim de maio. Os salários são de R$ 1.294,48 para nível fundamental, R$ 2.480,07 para nível médio e variam de R$ 4.894,38 a R$ 7.625,09 para quem tem ensino superior completo.


Podem concorrer brasileiros em dia com as obrigações eleitorais e militares e certidão negativa de antecedentes criminais. As 75 vagas de nível superior são para graduados em engenharia elétrica (33), engenharia civil (4), engenharia de segurança no trabalho (3), direito (6), comunicação social (2), arquivologia (11), economia (1), assistência social (2), administração (3), análise de sistemas (4) e administração (6). Os cargos de nível médio são de técnico em eletrotécnica (53), técnico em telecomunicações (3), suporte administrativo (63), técnico em segurança do trabalho (4) e eletricista motorista (331). O nível fundamental é contemplado com o cargo de eletricista auxiliar (529).


Aos 26 anos, Felippe Falesic, formado em direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), faz dos estudos para certames públicos uma atividade de tempo integral. O advogado vai aproveitar que tem família em Porto Velho para fazer a prova. “Tento aproveitar ao máximo as oportunidades de concurso. Acredito que a Eletrobras é uma chance de emprego estável, sem falar que Rondônia é um ótimo estado para se viver, meus tios adoram”, conta o jovem que procura estudar com materiais atualizados e sempre apostar em revisão. “Crio uma rotina de estudos para não perder o ritmo”, completa.

A seleção
O concurso será aplicado em duas etapas: uma prova objetiva para todos os cargos e uma prova de condicionamento físico para as funções de níveis médio e fundamental. A primeira fase será composta por 40 itens de múltipla escolha, cada um valendo 2,5 pontos, totalizando 100 pontos. Os temas abordados são: português, legislação, raciocínio lógico, conhecimentos gerais de Rondônia, informática e conhecimentos específicos de cada cargo. A prova terá uma duração de três horas e, para ser aprovado, é preciso acertar, no mínimo, 50% do total de perguntas e 20% de cada disciplina.


Já para ser chamado para a prova física, é necessário estar classificado em posição que vá até o dobro do número de vagas imediatas e de cadastro de reserva. O teste de condicionamento avaliará três modalidades esportivas: shuttle run (correr o mais rápido possível uma distância fixa de 9,14 metros), corrida em 12 min e flexão abdominal. O desempenho é contabilizado em pontos, distribuídos por tempo, distância e quantidade, respectivamente, para cada uma das habilidades. Os candidatos serão classificados segundo a soma do desempenho nas três atividades.

Preparação
Paulo Henrique Macial, analista tributário da Receita Federal do Brasil e professor de lógica e matemática em vários cursinhos presenciais de Porto Velho, conta que esta é a primeira vez em que raciocínio lógico é cobrado em provas da banca, o Instituto Exatus, criada em 2002 para aplicar concursos em Rondônia. Por isso, não existe um conjunto de questões que possa ser usado como base para o estudo. “Em compensação, o conteúdo está muito bem definido no edital”, completa. Ele separa as matérias em duas grandes áreas de estudo: álgebra e raciocínio lógico propriamente dito. A primeira deve cobrar assuntos bem básicos, comuns a outros concursos, como regra de três, porcentagem, frações, razão e proporção. Na segunda, ele indica focar em diagramas lógicos, proposição, sequência e associação lógica. “A grande dica que se pode passar para esse tipo de conteúdo programático é resolver muitas questões”, termina.


Sobre a parte de informática, Deodato Neto, professor do IMP, avisa que “o conteúdo é bem tranquilo, o problema é que ele cobra um sistema operacional muito ultrapassado, o Windows XP; e um pacote Office de 2007, também ultrapassado, pois estamos na versão 2016”. No entanto, segundo ele, há bastante material disponível na internet para se preparar, tanto em forma de textos como em videoaulas. “Não é um edital muito complexo, mas exige muito domínio das provas anteriores para passar tranquilo”, avisa Deodato.


O professor de português do Ifar Cursos, Vitor Barbosa, afirma que o certame deve apresentar uma cobrança gramatical absolutamente pautada nas normas, então o aluno tem que saber a diferença entre adjuntos adverbial e nominal, conhecer orações subordinadas e coordenas e todos os conceitos básicos. “O que chama bastante a atenção é que a banca especificou no edital funções da palavra ‘quê’ e da palavra ‘se’. Doutrinariamente, não há um entendimento fechado em relação à quantidade de funções que essas palavras podem assumir: a primeira tem entre 27 e 33 funções; e a segunda, de 11 a 13, a depender do estudioso”, explica.

 

Passe bem - Gramática

 

Leia o trecho da canção Música Ambiente, da Legião Urbana:
Se um dia fores embora
Te amarei bem mais do que esta hora (...)
Quando choramos abraçados
E caminhamos lado a lado (...)
Mesmo que tenhamos planejado
Um caminho diferente
Tenho mais do que eu preciso
Estar contigo é o bastante (...)
A relação de sentido estabelecida pelas orações subordinadas destacadas é, pela ordem:
a) restrição e causa.
b) tempo e consequência.
c) causa e finalidade.
d) tempo e concessão.

Comentário:
O vocábulo “quando” indica ocorrência temporal. A locução “mesmo que” tem valor concessivo (sinônimos: ainda que, embora, apesar de, conquanto).

Questão retirada da prova do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina aplicada em janeiro deste ano, comentada pelo professor Vitor Barbosa, do Ifar

 

O que diz o edital

Concurso da Eletrobras para contratação imediata e formação de cadastro reserva

Inscrições: no site www.exatuspr.com.br
até 27 de abril

Taxas: R$ 40 (nível fundamental), R$ 50 (nível médio) ou R$ 70 (nível superior)

Vagas: 920

Salários: de R$ 1.294,48 a
R$ 7.625,09

Prova objetiva: 29 de maio

Local de prova: Porto Velho