SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

UnB lança vestibular de 2016 com 4,2 mil vagas; mais da metade para cotas

São 1.880 oportunidades para alunos da rede pública, e 226 para negros. Maior novidade da seleção é a chance de mudar de curso, câmpus ou turno após ter acesso ao seu desempenho na prova

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/04/2016 18:14 / atualizado em 06/04/2016 19:05

Ana Paula Lisboa

O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe) lançou o edital do vestibular de 2016 da Universidade de Brasília (UnB) para ingresso no segundo semestre de 2016 nos quatro câmpus da instituição: Darcy Ribeiro, Gama, Ceilândia e Planaltina. São 4.212 vagas em 98 cursos de graduação presenciais.

Uma novidade é que o vestibular utilizará o Sistema Informatizado de Seleção para os Cursos de Graduação da UnB (SISUnB) - uma versão simplificada do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) do Minstério da Educação -, o que possibilita a opção de o candidato alterar a pré-opção de câmpus/curso/turno feita no momento da inscrição após saber o resultado de seu desempenho na prova e das notas de corte de cada curso. Essa nova chance será dada após a correção das provas. Sabendo sua nota antes de fazer a opção definitiva, o jovem pode escolher com mais consciência.

Cotas
Concorrentes ao sistema universal disputarão 1.880 oportunidades. Do total de vagas da UnB, 55% serão para cotas, o que significa aumento de 12% em relação ao ano passado. Há 226 reservadas a negros, e 2.106 a alunos de escolas públicas  , divididas de acordo com o quadro:


Distribuição de vagas no sistema de cotas para escolas públicas

Quantidade de vagas

Reservas para candidatos

652

com renda familiar bruta igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita, que se autodeclararem pretos, pardos ou indígenas.

420

com renda familiar bruta igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita, que não se declararem pretos, pardos ou indígenas.

621

com renda familiar bruta superior a 1,5 salário mínimo per capita, que se autodeclararem pretos, pardos ou indígenas.

413

com renda familiar bruta superior a 1,5 salário mínimo per capita, que não se autodeclararem pretos, pardos ou indígenas.

 

 

Comprovante
Só podem participar do processo seletivo estudantes que concluíram o ensino médio - e ainda, excepcionalmente, estudantes em processo de aceleração escolar na Educação de Jovens e Adultos (EJA) e alunos de escolas que não seguem o calendário escolar regular do Brasil (como escolas americanas, escolas francesas e Escola das Nações) - desde que a previsão de conclusão do ensino médio seja antes da data de matrícula na UnB.

 

No caso da primeira chamada, a expectativa é que os registros sejam feitos em 14 e 15 de julho. Quem não se enquadrar nos critérios pode fazer o vestibular como treineiro, como uma forma de se preparar para seleções futuras.

Inscreva-se
Os interessados deverão se inscrever entre segunda-feira (11) e 22 de abril, pelo site. A taxa é de R$ 120 tanto para candidatos quanto para treineiros.

Para efetuar a inscrição, além do número de CPF do participante, é necessário que seja enviada, via upload, uma fotografia individual colorida do interessado, em fundo branco, da cabeça e do tronco, sem qualquer cobertura sobre o rosto do participante.

Isenção
Estarão isentos do pagamento candidatos que tenham inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e for de família de baixa renda. Além disso, há isenção da taxa para o candidato que comprovar ter, cumulativamente, renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio e ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou como bolsista integral em escola da rede privada. O prazo para solicitar a isenção é o mesmo das inscrições.

As provas
A seleção é composta por provas de conhecimentos e de redação em língua portuguesa, previstas para 4 e 5 de junho. No primeiro dia, serão aplicadas questões sobre língua estrangeira, língua portuguesa e literaturas de língua portuguesa, geografia, história, artes (cênicas, visuais e música), filosofia e sociologia, além da própria redação. No segundo dia, serão questões de biologia, física, química e matemática.

As provas começam às 13h, e os participantes terão cinco horas para a resolução. O vestibular será aplicado em Brasília, Brazlândia, Ceilândia, Gama, Planaltina, Sobradinho e Taguatinga. Fora do DF, será possível fazer o vestibular em cidades de Goiás - Formosa, Goiânia e Valparaíso - de Minas Gerais - Uberlândia.

publicidade

publicidade