SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Hora do Enem

Estudantes têm prazo até dia 15 para pedir local com internet

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 11/04/2016 18:39 / atualizado em 11/04/2016 18:41

Portal MEC

 

Estudantes inscritos no programa Hora do Enem que não dispõem de acesso à internet, devem pedir vagas para realizar o simulado em universidades e institutos federais de educação, ciência e tecnologia. O prazo começa a contar nesta segunda-feira, 11, e termina no próximo dia 15. Há 120 mil vagas disponíveis, em instituições de todo o país.

 

O simulado, gratuito, pode ser feito também em instituições particulares e comunitárias e escolas estaduais de ensino médio. O programa oferece, além de simulados, exercícios e vídeoaulas para facilitar os estudos dos candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

 

Esse pedido é exclusivo para os 2,2 milhões de alunos concluintes do ensino médio e devem ser feitos na própria plataforma do programa, com o número de CPF do participante. Os alunos do terceiro ano do ensino médio que dispõem de acesso à internet podem realizar o simulado em computador, tablet ou celular próprios.

 

“Com o simulado, o estudante recebe uma nota e sabe como se sairia no Enem”, afirma o ministro Aloizio Mercadante. O diagnóstico proporcionará ao aluno um plano individualizado de estudo e permitirá saber quanto tempo ele precisa investir nos estudos e que assuntos devem ter prioridade no aprendizado para alcançar a vaga desejada no Enem.

 

Simulado — A prova on-line será aplicada no último sábado deste mês (dia 30) e terá 80 itens, com a mesma metodologia de elaboração de questões do Enem. O simulado estará aberto durante quatro horas ininterruptas para o candidato, que pode realizá-lo entre a zero hora e as 20h do dia 30. Quem optar por fazer a prova em uma das instituições ofertantes de acesso à internet deve estar atento ao horário. O treino nesses locais será realizado das 8h às 12h (horário de Brasília).

 

O conteúdo do primeiro provão será composto principalmente por assuntos estudados nas escolas até abril. Estão previstos outros três simulados on-line: o segundo, em 25 de junho; o terceiro, em 13 de agosto e o último, nos dias 8 e 9 de outubro. A abrangência dos assuntos cobrados nos simulados seguintes avança conforme o desenvolvimento dos aprendizados do ano letivo. Na prática, o último simulado corresponde a um exemplo de teste completo de como será, de fato, no dia das provas do Enem de 2016.

 

Com o resultado imediato do simulado, é possível o estudante compará-lo com a nota de corte do Enem para o curso e para a universidade de interesse para fazer a graduação.

 

Plataforma – A plataforma Hora do Enem é um programa de estudo com diversos recursos interativos para melhorar o aprendizado. O sistema entrou na internet em 5 de abril. Além de planos de estudo, estão disponíveis exercícios e videoaulas, que poderão ser assistidas a partir de 30 de abril no espaço denominado MECFlix.

 

Todo o conteúdo estará acessível a qualquer hora do dia, na internet, com smartphone, tablet ou computador.

 

A TV Escola também vai transmitir o programa de TV Hora do Enem. A programação televisiva inclui 300 vídeos de resoluções de exercícios. A exibição será diária, às 18h, com reprise no dia seguinte, às 7h e às 13h, além dos fins de semana. A transmissão contará com a parceria de mais de 40 canais em todo o Brasil, entre tevês universitárias, comunitárias, legislativas e canais estaduais.

publicidade

publicidade