SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

GUIA DE CONCURSOS »

Quer trabalhar na Eletrosul?

Estatal de energia está com 42 oportunidades de níveis técnico e superior abertas para atuação em estados de duas regiões do país. Salários variam de R$ 3 mil a R$ 6 mil

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/05/2016 10:53

Arquivo Pessoal

A Eletrosul Centrais Elétricas S.A., controlada pela Eletrobras e vinculada ao Ministério de Minas e Energia, lançou edital com 42 vagas. Para nível técnico, com salário inicial de R$ 3.050,13, há oportunidades nas seguintes áreas: segurança do trabalho (1), manutenção elétrica de usina (8), manutenção de equipamentos (6), eletricista de linhas de transmissão (15) e manutenção de proteção e apoio à operação (3). No caso de ensino superior a remuneração é de R$ 6.019,41 e há vagas para graduados em informática (2), administração de empresas (1), ciências contábeis (3), ciências econômicas (1) e direito (2).


A jornada de trabalho é de 40 horas semanais para todos os cargos. As oportunidades são para Água Clara e Dourados, no Mato Grosso do Sul; Xanxerê, Campos Novos, Joinville e Florianópolis, em Santa Catarina; Roque Gonzales, Gravataí e Santo Ângelo, no Rio Grande do Sul; e Londrina, Pinhão e Laranjeiras do Sul, no Paraná.


A banca examinadora é a Fundação Carlos Chagas, que costuma ser repetitiva e cobrar questões muito parecidas, só mudando o texto, segundo o professor do Gran Cursos Elias Santana. “É tanto que ela é conhecida como Fundação Copia e Cola”, diz. “Por isso, é quase uma obrigatoriedade o candidato estudar pelas provas anteriores.” No entanto, ele prevê que os conhecimentos específicos devem ser cobrados com profundidade tanto para nível técnico quanto para nível superior. “Essas matérias costumam ser difíceis e variáveis, por isso o aluno deve se dedicar bastante”, acrescenta.

Etapas
A prova será composta de 60 questões: 30 de conhecimentos gerais (língua portuguesa, matemática e raciocínio lógico, informática e atualidades) e 30 de conhecimentos específicos. Cada item vale um ponto. Para ser classificado, é preciso tirar nota igual ou superior a 50% na prova, não zerar nenhuma matéria da parte de conteúdos gerais e acertar 60% ou mais da de conhecimentos específicos. A entrega de documentos faz parte da etapa eliminatória e será realizada nas cidades de Florianópolis e Xanxerê, em Santa Catarina; Campo Grande, no Mato Grosso do Sul; Curitiba, no Paraná; e Gravataí, no Rio Grande do Sul. As outras fases são teste de condicionamento físico e exame de saúde ocupacional.

Candidato
Técnico em eletrotécnica pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Zaquiel Silveira, 26 anos, vai concorrer ao cargo de técnico de manutenção elétrica de usinas para a cidade de Águas Claras (MS). Ele, que mora em Pinhão (PR), decidiu participar pelo fato de o concurso ser focado na área de formação dele. Além disso, Zaquiel visa estabilidade financeira, pois presta serviços de manutenção elétrica como freelancer. “Estou estudando diariamente de quatro a seis horas no período da tarde. Eu me dedico aos conteúdos com maior probabilidade de serem cobrados e faço provas anteriores para testar os conhecimentos adquiridos com os estudos”, conta. Zaquiel está confiante. “Estou me dedicando muito para que, assim, eu consiga alcançar meu objetivo”, afirma.

Dicas
“A banca costuma cobrar porcentagem, regra de três e máximo divisor comum. Já na parte de raciocínio lógico, é provável que caiam os conteúdos de sequência numérica, que pode ser tanto de números quanto de figuras, palavras ou letras, e operações com conjuntos”, diz o professor de matemática e raciocínio lógico do Alub, Rogério Carrijo. “A prova vai ser bem ampla e podem ser cobradas várias temáticas. O ideal é resolver certames anteriores da banca para se preparar”, comenta.
Na parte gramatical, o professor de português do IMP Concursos, Claiton Natal acredita que o candidato deve focar em verbos, flexões, correlações e vozes verbais. “Não se esqueça também de estudar concordância, conjunções subordinativas e coordenativas e o uso do pronome relativo”, acrescenta. O docente ainda afirma que, apesar de a parte de texto ser tranquila, é preciso tomar cuidado com as reescrituras que cobram coerência, correção, entre outros tópicos. “É importante resolver ainda as provas mais recentes da banca”, completa.

 

Passe bem/Administração

Passe Bem / Língua portuguesa

Ao contrário do que se pensa, a carreira de Clarice Lispector não foi uma sucessão de facilidades. Já o seu livro de estreia, Perto do coração selvagem, esbarrou na incompreensão de alguns críticos e foi recusado por mais de uma editora. A voz nova e solitária em seguida encontraria obstáculos na publicação de seus outros livros. O lustre levou anos até aparecer. Clarice se encontrava no exterior e os amigos aqui no Rio tentavam encontrar um editor de boa vontade. Fernando Sabino, que
costumava ser invencível nessa matéria, ainda não tinha a experiência que só depois viria a ter, e fazia as vezes de agente literário da amiga, nem sempre bem-sucedido. O nome de Clarice, prejudicado pela sua ausência, tinha aqui pequena repercussão.
A voz nova e solitária em seguida iria encontrar obstáculos na publicação de seus outros livros. O tempo verbal empregado pelo autor na frase acima indica
(A) ação posterior a outra, ambas localizadas no passado.
(B) dúvida sobre a possibilidade de um fato vir a ocorrer.
(C) forma polida de indicar um desejo no presente.
(D) fato que depende de certa condição para ocorrer.
(E) ação anterior a outra ocorrida no passado.

Comentário
A forma verbal composta “iria encontrar” está no futuro do pretérito. Lembre-se: o futuro do pretérito é futuro em relação ao passado, mas é passado em relação ao presente. Agora, analisemos o emprego dessa forma verbal no contexto oracional. Observa-se que “iria encontrar” (futuro do pretérito) é futuro em relação às formas verbais do segundo período do primeiro parágrafo “esbarrou” e “foi recusado” (ambas no pretérito perfeito do indicativo). Ressalte-se, ainda, que todas essas ações localizam-se no passado. Importante! A terminação da 1ª pessoa do singular do futuro do pretérito é “ria”.

Questão retirada do concurso da Fundação Carlos Chagas (FCC) para o cargo de analista judiciário do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), resolvida pelo professor de português Claiton Natal

 

Gabario: letra A

 

O que diz o edital

Inscrições: até 30 de maio pelo site www.concursosfcc.com.br

Taxa: R$ 65 (nível médio) e R$ 100 (nível superior)

Vagas: 33 para nível médio e nove para nível superior

Salário: R$ 3.050,13 (nível médio) e R$ 6.019,41 (nível superior)
Provas: 26 de junho de 2016 (de manhã para nível médio e de tarde para nível superior)
Locais de prova: cidades de Florianópolis e Chapecó, em Santa Catarina; Campo Grande, em Mato Grosso do Sul; Curitiba e Londrina, no Paraná; e em Porto Alegre e Santa Maria, no Rio Grande do Sul.

publicidade

publicidade