SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

ProUni

Inscrições podem ser feitas até sexta-feira, 10

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/06/2016 19:33 / atualizado em 07/06/2016 19:36

Portal MEC /MEC

 

Em um período como este, no segundo semestre de 2007, a jornalista e pedagoga Laís Regina de Oliveira Alves, 26 anos, conseguiu a bolsa integral do Programa Universidade para Todos (ProUni) para cursar jornalismo. Ela fizera o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano anterior e tentara a bolsa no primeiro semestre, mas por erros no preenchimento da inscrição conseguiu apenas a bolsa parcial, insuficiente para ela. Sem deixar de estudar, tentou o segundo processo seletivo e conseguiu o que queria.

 

“Era tudo 100%: matrícula, mensalidade; até carteirinha de estudante era de graça”, afirma Laís, que hoje é professora. “Se não fosse o programa, não sei como teria conseguido; foi uma oportunidade que mudou minha vida.”

 

Para ajudar a modificar a trajetória de quem sempre estudou em escola pública ou como bolsista integral na rede particular, além de pessoas com deficiência, começaram na manhã desta terça-feira, 7, as inscrições para o segundo processo seletivo de 2016 do ProUni. Este ano, são 125.442 bolsas, cerca de 9 mil a mais do que no mesmo período de 2015. O prazo se estenderá até as 23h59 de sexta-feira, 10.

 

Desse total de bolsas, 68.350 são parciais, quando o governo federal participa com 50% da mensalidade, e 57.092, integrais, como a que Laís conseguiu há nove anos. Um incentivo que, para ela, significou a realização de sonhos que vão além do diploma. Seguir para a capital, estudar o que sonhava e abrir portas para outra graduação, desta vez numa universidade pública, por exemplo. “Apesar de hoje eu não atuar mais como jornalista, tudo que eu conquistei foi através do meu curso”, diz. “Foi um crescimento profissional, humano e pessoal muito importante.”

 

Laís foi estudante de escola pública e bolsista em instituição particular de Ipueiras, município de 38 mil habitantes, a 298 quilômetros de Fortaleza, capital cearense. Primeira da família a se graduar em uma universidade o pai é agricultor e a mãe teve de abandonar a escola muito jovem —, ela diz que viu essa história se repetir na vida de muitos amigos da faculdade. “Vinham de uma história de vida muito difícil e se agarravam à oportunidade”, afirma.

 

Regras Pode participar do processo seletivo do ProUni o candidato que tenha feito o Enem de 2015 e alcançado pontuação mínima de 450 pontos. Além disso, não pode ter tirado zero na redação. Ao se inscrever, o estudante deve indicar o número de inscrição e a senha usados no Enem, além do Cadastro de Pessoa Física (CPF).

 

O candidato pode fazer duas opções de curso e de instituição. Durante o período de inscrições, é possível alterar as opções quantas vezes achar necessário. 

 

Após o período de inscrições, serão feitas duas chamadas. O resultado da primeira será divulgado no dia 13 próximo; o da segunda, no dia 27. Os selecionados devem comprovar os dados e providenciar a matrícula do dia 13 até o dia 20, no caso da primeira chamada, e de 27 de junho a 1º de julho, na posterior.

 

Voltado para estudantes que tenham o feito ensino médio em escola pública ou, com bolsa integral, na rede particular, pessoas com deficiência e professores, o ProUni oferece bolsa de 100% a alunos com renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. A bolsa parcial é destinada àqueles com renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

 

Hoje, Laís é professora da rede municipal de educação infantil, mas se lecionasse para alunos do ensino médio, recomendaria: “Sem dúvida, indicaria que tentassem o ProUni. Educação transforma a vida da gente”.

 

publicidade

publicidade