SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Governo autoriza 75 mil vagas para o Fies

Ministro da Educação deu entrevista coletiva sobre o tema no Palácio do Planalto. Neta edição, os estudantes poderão ter renda mensal bruta de até três salários mínimos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/06/2016 16:11 / atualizado em 16/06/2016 19:57

Ana Paula Lisboa

No Palácio do Planalto, nesta quinta-feira (16), o ministro da Educação, Mendonça Filho, concedeu entrevista coletiva sobre o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), e o presidente em exercício Michel Temer assinou ato de autorização de 75 mil bolsas para o programa no segundo semestre de 2016. Durante a entrevista, o presidente em exercício disse que "educação é prioridade para o governo" e que "R$ 450 milhões foram direcionados às novas vagas do Fies".

 

Nesta edição, a renda mensal bruta per capita das famílias dos atendidos pelo Fies passou de até 2,5 salários mínimos para no máximo três salários mínimos."Espero que o máximo de famílias que sonham com essas vagas possam ter acesso ao ensino superior", observou o ministro da Educação.

 

Reprodução / Agência MEC
 

 

"Com o corte de orçamento para este ano, não havia espaço para mais vagas. Mesmo assim, conseguimos ampliação para mais 75 mil vagas", comemora o ministro da Educação. Segundo o ministro, isso é importante para incluir muitas famílias que não conseguiam ter acesso ao programa.

 

O edital para a abertura das vagas será publicado nesta sexta-feira (17). As inscrições serão entre 24 de junho e 29 de junho. A divulgação dos resultados e classificação da lista de espera sai até 30 de junho. A chamada dos classificados sairá em 1º de julho. A convocação da lista de espera está prevista para começar em 4 de julho com prazo para terminar até 10 de agosto. Para os estudantes do Rio de Janeiro, por conta das Olimpíadas, o calendário será diferente.

 

Segundo o ministro, o ato confirma o comprometimento do Governo Federal com a educação. Mendonça Filho ressaltou o caráter de inclusão social promovido pelo Fies e garante que as novas vagas não comprometerão a programação orçamentária do Ministério da Educação (MEC).


Sobre o Fies
O Fies é um programa que permite aos estudantes cursarem o ensino superior sem nenhum custo, devendo quitar a dívida após a formatura. Depois de formados, o prazo de carência para começar a pagar é de 18 meses. Mais informações pelo site. Em 2015, o programa ofereceu 278 mil vagas no total. No primeiro semestre deste ano, foram 147 mil vagas. Interessados no programa precisam ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

publicidade

publicidade