SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

USP amplia acesso pelo Sisu

Três unidades adotaram o sistema e oferecem 1.732 vagas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/06/2016 20:03

A Universidade de São Paulo (USP) reservará pelo menos 1.732 vagas ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) no processo seletivo do segundo semestre de 2016, um aumento de 16.3% em relação ao ano passado. As vagas reservadas pelo sistema são direcionadas a estudantes que tenham feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

As vagas serão distribuídas para estudantes da rede pública (1.065), ampla concorrência (428) e pretos, pardos e indígenas (239), segundo a Pró-Reitoria de Graduação (PRG). O aumento se deu devido à adesão ao programa por mais três unidades da instituição: a Escola de Comunicações e Artes (ECA), Faculdade de Odontologia (FO) e o Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Além destas, a Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) aumentou o número de cursos participantes do sistema.

A Escola de Comunicações e Artes tem dois dos cursos mais concorridos da USP, Jornalismo e Publicidade e Propaganda. Entretanto, alguns dos cursos oferecidos por ela - audiovisual, artes cênicas, artes visuais e música - exigem prova de habilidade específica que ocorre antes do vestibular e não serão contemplados.

Na USP, cada unidade é livre para decidir se participa ou não do Sisu. O número pode aumentar caso unidades que ainda não deram resposta quanto à adesão ao sistema decidam que sim. No entanto, o limite de reservas determinado pela USP é de 30%.

Entre as unidades que decidiram não incorporar o sistema estão a Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) e o Instituto de Física (IF). A Escola Politécnica (Poli), a Faculdade de Medicina da ESP (FMUSP) e a Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) ainda não informaram a decisão - no ano passado, decidiram não participar.

publicidade

publicidade