SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Secretaria de Educação do DF promove simulado do Enem nesta semana

As provas serão aplicadas na quarta (6) e na quinta-feira (7). A estimativa é que 40 mil alunos das redes pública e privada de ensino médio participem

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/07/2016 12:22 / atualizado em 04/07/2016 12:43

A Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF) fará um simulado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016, na quarta-feira (6) e quinta-feira (7), com o objetivo de preparar os alunos para o Enem e identificar em quais disciplinas os estudantes precisam ter mais foco.

De acordo com a SEDF, cerca de 40 mil estudantes das redes pública, total de 136 escolas de ensino médio, e particular, 50 colégios, participarão do simulado. São 18 mil estudantes a mais do que em 2015. Também poderão fazer o teste estudantes matriculados na educação de jovens e adultos (EJA) e internos das unidades prisionais e socioeducativas.

Na quarta-feira (6), serão aplicados os testes de ciências humanas e da natureza, com quatro horas e meia de duração. Na quinta-feira (7), será a vez de matemática e exercícios de linguagem e redação. Como no Enem, os inscritos devem chegar uma hora antes e só podem sair depois de duas horas do início do teste. O simulado será realizado nas instituições dos estudantes inscritos.

Preparação
Gustavo Henrique Costa Bezerra, 17 anos, está no 3° ano do ensino médio no Centro Educacional II do Cruzeiro (CED2) e fará a prova do Enem 2016. O jovem pretende cursar medicina na Universidade de Brasília (UnB) e para isso se prepara com a orientação dos professores do CED2 e dos amigos, por meio de grupos de estudos. “A gente se reúne nos tempos livres. Os que têm mais facilidade numa disciplina tentam ajudar o que tem mais dificuldade. Resolvemos questões de provas anteriores do Enem e de vestibulares; nossos professores indicam materiais de estudo, livros, apostilas, tiram nossas dúvidas e nos estimulam a estudar para o exame.”, comenta.

Gustavo participará do simulado do Enem que será realizado nesta semana. Para ele, as disciplinas de exatas, como matemática, são sua maior dificuldade. “Eu não me dou muito bem com cálculos, fórmulas. Matemática é bastante complicada para mim. Sempre fui elogiado pela minha habilidade na escrita, tanto que estou tranquilo em relação à redação.”, arremata.

Horários
Nas escolas públicas, todos os alunos do ensino médio foram inscritos automaticamente, e as provas serão no turno em que estudam. Já nas instituições da rede privada, as provas começarão às 13h15. O mesmo horário vale para o Colégio Militar de Brasília, o Colégio Militar Dom Pedro II e para o Sistema S (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, Comercial, Rural, do Cooperativismo, e Serviço Social do Comércios, da Indústria e de Transporte). A inscrição de alunos da rede privada foi de 16 a 30 de maio.

Neste ano, os cartões de respostas deixam de ser nominais e passam a ter código. Assim, somente quem fez o simulado terá acesso à nota final e ao boletim de desempenho. A divulgação está prevista para setembro.

As questões objetivas serão corrigidas pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe). As redações, por formandos do curso de letras da Universidade de Brasília e professores voluntários de língua portuguesa.

Jovem Escritor 2016
Os estudantes inscritos no simulado ainda poderão concorrer no projeto Jovem Escritor 2016 — Concurso de Redação, iniciativa do Sindicato das Indústrias Gráficas do Distrito Federal, em parceria com a Secretaria de Educação. Cem redações serão publicadas no livro Jovem Escritor 2016, com tiragem de 3 mil exemplares, e os autores das dez mais bem colocadas receberão vale-compras para livros. O lançamento da obra está previsto para outubro. O concurso marca a comemoração da Semana da Comunicação Gráfica 2016.

O simulado para o Enem faz parte do programa Por Dentro dos Exames do Ensino Médio, da Secretaria de Educação. O objetivo é apresentar informações sobre acesso ao ensino superior e promover reflexões a respeito do mundo do trabalho e vivências de situações de aprendizagem que favoreçam a escolha da profissão de forma consciente.

publicidade

publicidade