SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Shell busca estudantes para concorrer na primeira Shell Eco-marathon Brasil

Para participar, estudantes de engenharia devem criar um protótipo automotivo. A corrida será em novembro, em São Paulo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/08/2016 12:40

A Shell, empresa global que produz energia e combustível, está com as inscrições abertas para a Shell Eco-marathon Brasil. A competição consiste em uma corrida de automotivos produzidos por estudantes de engenharia. Para participar, é preciso montar uma equipe e cadastrá-la pelo site até 12 de setembro. Os times desenvolverão um protótipo automotivo movido a gasolina, etanol ou bateria elétrica, e ganhará o que conseguir percorrer a maior distância consumindo a menor quantidade de combustível possível.

As inscrições são divididas em duas etapas: a primeira fase, de caráter eliminatório, consiste no envio de informações sobre a equipe e o líder, universidade (nome e endereço) e dados sobre o protótipo. Um time técnico global determinará se os requisitos do projeto foram cumpridos, e as aprovadas vão para a segunda etapa. Nessa fase, os times deverão enviar informações de logística, como nome e contato de todos os integrantes e a forma que pretendem usar para levar o protótipo até o local da competição. Aprovados, os alunos estão aptos a participar da corrida acadêmica que será realizada entre 8 e 10 de novembro, em São Paulo. O objetivo do prêmio é motivar estudantes a pensar e produzir soluções para o futuro da energia e da mobilidade urbana, buscando a sustentabilidade.

Outras provas
A corrida tem outras formas de competição, uma delas é a Shell Eco-marathon Edição Americas, que ocorre todo ano nos Estados Unidos, com estudantes de todo o continente americano. No ano passado, a equipe Pato a Jato, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), conseguiu o melhor resultado brasileiro até então, ficando em segundo lugar na categoria “Combustível Alternativo”. O protótipo batizado de Popygua obteve a marca de 316km/l de etanol.

publicidade

publicidade