SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Um milhão de usuários baixaram o aplicativo do Enem

Depois de liderar a lista de aplicativos de educação mais baixados nos últimos meses, o Enem 2016 atingiu o total de 1 milhão de usuários nesta quinta-feira, 13. O número de downloads deve aumentar na próxima semana, quando o aplicativo será uma das fontes de divulgação dos locais de prova

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/10/2016 19:41 / atualizado em 13/10/2016 20:55

Agência MEC

Gratuito, o aplicativo Enem 2016 foi pensado para ajudar os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que será realizado nos dias 5 e 6 de novembro. A ferramenta permite o acompanhamento de informações por meio dos smartphones e tablets que usam as plataformas Android, iOS e Windows Phone.

Desenvolvido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia do Ministério da Educação, o aplicativo facilita o contato com os participantes e auxilia na organização pessoal e no cumprimento de prazos. Antes do exame, fornece dados da situação da inscrição, cronograma, locais de provas e mesmo o cartão de confirmação. Após o exame, divulga o gabarito e, posteriormente, o resultado do Enem.

Funcionalidades – A função Alerta permite ao usuário selecionar de quais informações deseja ser notificado quando houver atualizações dentro do cronograma. É possível também ir fazendo uma checagem das ações já concluídas durante as etapas do exame, facilitando o acompanhamento de pendências.

No Mural de Avisos, o participante acessa comunicados oficiais enviados pelo Inep. Em casos de dúvidas, a sessão Perguntas Frequentes estará sempre disponível, bem como as informações sobre o cadastro.

Segurança – Após a instalação do aplicativo, é necessário que o estudante insira o login e a senha cadastrados no sistema de inscrição do Enem. Para garantir a segurança na utilização, a recomendação é baixá-lo direto da loja de aplicativos do seu celular – Google Play (no Android), App Store (no iOS) e Windows Store (para Windows Phone) – e confirmar se o nome do desenvolvedor da ferramenta é o Inep.

publicidade

publicidade