SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Enem será aplicado em data diferente em 300 colégios ocupados

No DF, cinco instituições foram afetadas. Exame será aplicado em novos locais de prova ainda não divulgados

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/11/2016 19:43 / atualizado em 01/11/2016 19:50

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou, na noite desta terça-feira (1º), a lista de escolas ocupadas em que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será feito em nova data. Os 191.494 estudantes afetados pelas ocupações não serão prejudicados e farão nova prova em 3 e 4 de dezembro. Serão afetados mais de 300 colégios em 20 unidades da Federação: Distrito Federal, Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins. Os novos endereços de prova ainda não foram divulgados.

 

Na capital federal, cinco instituições de ensino serão afetadas: Centro de Ensino Médio 304 de Samambaia, Centro de Ensino Médio Taguatinga Norte, Centro Educacional 1 de Planaltina, Instituto Federal de Brasília (IFB) - câmpus Riacho Fundo I e Samambaia.

 

Para 97,78% dos 8.627.195 inscritos no Enem em todo o país, não haverá alterações. Os que fizerem a prova em data diferente poderão utilizar os resultados para seleções como Sisu, Fies e ProUni como os demais participantes.

 

Do ponto de vista da prova, os novos itens serão equivalentes, de modo a garantir a isonomia do Enem.

 

Confira a relação de escolas aqui.

 

O adiamento do exame para daqui um mês foi necessário para garantir a segurança da avaliação, afirma o Inep. A entrega das provas envolve um plano logístico, com rotas pré-definidas e acompanhamento de policiais, que fazem a escolta da equipe de distribuição. Para serem escolhidos, os novos locais precisam ter uma estrutura para receber a aplicação, como acessibilidade para deficientes físicos e salas extras.


 

publicidade

publicidade