SIGA O
Correio Braziliense

No DF, 8,5 mil candidatos enfrentam segundo dia de provas do Enem

Os portões dos locais de aplicação foram abertos às 12h e serão fechados às 13h. A avaliação começa às 13h30 e terá duração de cinco horas e meia

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/12/2016 12:00 / atualizado em 04/12/2016 18:10

André Violatti/Esp.CB/D.A Press

Neste domingo (4/12), os 8,5 mil candidatos do Distrito Federal enfrentam a segunda parte da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) debaixo de chuva. Os portões dos locais de aplicação foram abertos às 12h e serão fechados às 13h. A avaliação começa às 13h30 e terá duração de cinco horas e meia. Em todo Brasil serão 277,6 mil inscritos que não conseguiram fazer a prova na primeira etapa em 4 e 5 de novembro em razão das ocupações de instituições públicas de ensino que seriam locais de prova. 
 
Na Universidade Paulista (Unip), na 913 Sul, apesar da chuva ainda leve, o fluxo de chegada dos candidatos é tranquilo nos primeiros minutos após as 12h.  Não há congestionamento e os candidatos aproveitam para revisar o conteúdo minutos antes do início da prova.
 
É a segunda vez que Fernanda Pereira Lopes, 18 anos, faz oficialmente o Enem. A primeira foi como experiencia. A estudante achou a prova de sábado (3/12) mais fácil que a primeira aplicação do exame, em novembro. "Se for nesse mesmo ritmo hoje, acredito que vou tirar a nota que preciso para passa em mecânica."Para se preparar, Fernanda contou que estudou muito e focou nas matérias mais específicas, como física e matemática. Também participou de competições de robótica do colégio. Sobre a redação, Fernanda comentou não ter ideia do tema. "Ao contrário de anos anteriores, eles não deram nenhuma pista na prova de ontem (sábado) de qual seria a temática", disse. 

As questões deste domingo serão de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias; e Redação. São 90 questões de múltipla escolha além da redação de, no máximo, 30 linhas.

No sábado (3/12) a aplicação das provas aconteceu com tranquilidade e sem nenhum registro de ocorrência nos 418 locais de avaliação. No primeiro dia a prova teve questões sobre sustentabilidade, história do período colonial, movimentos trabalhistas, colonização, capitalismo e racismo. Os estudantes responderam as perguntas em um tempo menor: em quatro horas e meia.

Na terça (6/12) e quarta-feira (7/12) presos do sistema carcerário farão as provas em todo Brasil. A divulgação das provas e dos gabaritos está prevista para quarta-feira (7/12) e, no dia 19 de janeiro, será publicado o desempenho individual de todos que fizeram o Enem na primeira e segunda etapa.