Resultado do PAS/UnB para o segundo semestre está disponível

Aprovados deverão fazer o registro acadêmico em 8 e 9 de maio. São 2.110 vagas nos quatro câmpus da UnB

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/04/2017 17:00 / atualizado em 27/04/2017 23:22

O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) divulgou, na tarde desta quinta-feira (27), o resultado da primeira chamada do Programa de Avaliação Seriada da Universidade de Brasília (PAS/UnB), subprograma 2014, para o segundo semestre de 2017.

 

Esta é a primeira vez que o exame serviu para ingresso na UnB também na segunda metade do ano: antes disso, ele era usado apenas para selecionar alunos para o primeiro semestre.

 

Confira a lista completa pelo link. São 1.822 nomes.

 

 

 

Os nomes dos aprovados também podem ser conferidos pessoalmente em listas afixadas no Ceubinho (ICC Norte) e no Teatro de Arena da UnB. São 2.110 vagas para ingresso nos câmpus Darcy Ribeiro, Ceilândia, Gama e Planaltina.

 

Gabriela Studart/Esp. CB/D.A Press

 

Festa da aprovação

No câmpus Darcy Ribeiro, calouros comemoram ao som da banda do curso de medicina, a Insana. Veteranos recepcionam os aprovados com farinha, tinta e ovos.

 

Gabriela Studart/Esp. CB/D.A Press
 

 

Gabriela Studart/Esp. CB/D.A Press

 

Gabriela Studart/Esp. CB/D.A Press

 

Tainá Porto Freitas, 18 anos, ingressou no ensino médio sabendo o que queria fazer pelo resto da vida: ser médica. "Sempre tive foco, fiz cursinho preparatório desde o primeiro ano para estar aqui. Hoje, esse dia chegou. Não tem explicação", exclama. A brasiliense estudou no Centro Educacional (Ced) 2 do Guará e teve apoio dos pais, uma vendedora e um músico, para correr atrás do sonho. Para aqueles que querem ser alunos da UnB Tainá aconselha: "estude muito e nada de ficar nervoso na prova; a calma é essencial para se dar bem".

 

Gabriela Studart/Esp. CB/D.A Press

 

Raíck Junio, 18 anos, foi conferir o resultado pessoalmente na UnB. Ele ingressou na UnB pelo PAS no primeiro semestre no curso de ciências sociais, mas foi só agora que realizou o grande sonho de passar para direito. "Meu foco sempre foi direito e agora que passei, mal vejo a hora de começar. Eu estou me sentindo incrível, é sensacional", diz. Ele, que passou por cotas para alunos de escolas públicas, estudou no Centro de Ensino Médio 1 de Sobradinho, onde mora. "Sempre fazia os deveres e assistia a aulas on-line. Indico esse caminho para quem quer passar. Meu professor de redação foi um grande parceiro que me ajudou", conta ele que fará o curso no turno noturno.

 

Gabriela Studart/Esp. CB/D.A Press

 

Gabriela Studart/Esp. CB/D.A Press

 

Gabriela Studart/Esp. CB/D.A Press
 

Quando não viu o seu nome entre os aprovados no primeiro semestre, Luana Oliveira, 17 anos, se entristeceu, mas, ao fazer as contas, percebeu que poderia entrar na instituição no segundo semestre. "Hoje passei para arquitetura, o que sempre quis. Eu estou muito feliz", suspira. A caloura, que estudou no Instituto São José de Sobradinho, passou pelo sistema universal e conta que não estudava além do que aprendia na escola. "Eu sempre prestava muita atenção às aulas e fazia os exercícios. Quem quer uma vaga aqui, deve ler todas as obras do edital e assistir a todos os filmes. Isso, além de ajudar na prova, vai fortalecer sua cultura", orienta.

 

Gabriela Studart/Esp. CB/D.A Press

 

Camilo Jreige, 17, sempre teve perfil para "exatas" quando estudava no Colégio Presbiteriano Mackenzie, mas se descobriu nas ciências humanas quando estudou matérias que promoviam debates. Aprovado para ciências políticas, o jovem está animado para conciliar a nova graduação com a que ele faz no IDP (Instituto Brasiliense de Direito Público): direito. "Comecei lá no inicio do ano, sempre quis estes dois cursos e vou me graduar nos dois", conta. Camilo não fez cursinho e se focou no edital do programa. "Esse é um conselho que dou: conheça a prova e a dinâmica dela, além dos sistemas de aplicação e correção. Também não despreze as obras de música e literatura: ao mesmo tempo que precisa saber de física e química, também é necessário saber de humanas. A prova concilia todas as áreas", sugere ele, que passou pelo sistema universal.

 

Gabriela Studart/Esp. CB/D.A Press

 

Marina Cury Bokos, 18 anos, é caloura de administração. No ensino médio, ela não sabia o que fazer, mesmo assim, se preparou para ingressar no ensino superior. "Fiz cursinho pré-vestibular no segundo ano, e no terceiro, preparatório para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Estudei e tive foco, mesmo sem saber o que fazer ainda", diz. O pai  dela, empresário, a aconselhou a cursar administração para ter mais opções de áreas profissionais para trabalhar. "Estou animada. Sempre quis passar na UnB", diz a ex-aluna do Centro Educacional Sigma da Asa Sul.

 

Gabriela Studart/Esp. CB/D.A Press

 

Aprovado para farmácia, Émerson Keveny, 18 anos, passou pela sistema universal. O brasiliense estudou no Colégio La Salle, em Sobradinho, onde também mora, e confessa que quer transferir o curso para medicina. "Meu sonho é medicina. Mas eu vou cursar farmácia com todo prazer até transferir. Eu gosto dessa área também. Estou feliz para caramba", afirma. Émerson não fez cursinhos, mas estudava bem o conteúdo passado na escola. "Quem quer passar precisa ter foco e se dedicar. Vai demorar um tempo, mas a recompensa virá", conclui.

 

Matrícula
Os aprovados deverão fazer o registro acadêmico em 8 e 9 de maio, nos locais e horários indicados na Agenda do Calouro. Os documentos necessários para registro são:

a) Questionários preenchidos: Perfil do Estudante e Expectativas Acadêmicas. Imprimir apenas a página com os dados de identificação do Perfil do Estudante;
b) Carteira de Identidade (cópia autenticada);
c) Certificado de conclusão do ensino médio (cópia autenticada);
d) Histórico escolar do ensino médio (cópia autenticada);
e) Certificado de reservista ou dispensa de incorporação para o candidato do sexo masculino (cópia autenticada); obs.: o candidato com idade superior a 46 anos completos ou a completar está dispensado da apresentação deste documento;
f) Título de Eleitor, acompanhado do comprovante de votação na última eleição (cópia autenticada) ou a certidão de quitação eleitoral (cópia autenticada ou emitida via internet);
g) Cadastro de Pessoa Física CPF (cópia autenticada);
h) Os candidatos selecionados para os cursos que exigem Certificação de Habilidade Específica deverão apresentar, ainda, o Certificado da Habilitação Específica ao curso para o qual foi selecionado, dentro do período de validade, emitido pelo Cespe/UnB.

 

* Estagiária sob supervisão de Ana Paula Lisboa