Inscrições para o Sisu estão normalizadas

Erros no sistema foram corrigidos e estudantes podem se inscrever. No DF, o IFB é a única instituição que oferece vagas no programa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/05/2017 20:08 / atualizado em 29/05/2017 20:18

O cadastro para o 2º processo seletivo de 2017 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) está normalizado. Os candidatos que desejarem se inscrever têm atéquinta-feira (1º) para concorrer a uma das 51.913 vagas disponíveis. No Distrito Federal, são 320 oportunidades em sete opções de cursos: agroecologia, biologia, eventos, gestão pública, processos gerenciais, sistemas para internet e matemática, que se dividem entre tecnólogos e licenciaturas. Todas são oferecidas pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília (IFB). Candidatos que tenham feito o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2016 podem se inscrever em até duas opções, por ordem de preferência.


Confira os horários, locais e turnos oferecidos pelo IFB:




O cadastro é gratuito e deve ser feito pelo site: até as 23h59 de quinta-feira (1º). É necessário informar o número de inscrição e senha no Enem de 2016. Alterações nas opções de escolha podem ser feitas até o último dia (1º). O resultado do exame será divulgado em 5 de junho, momento em que candidatos que não forem selecionados podem optar por permanecer na lista de espera da escolha de primeira opção. As matrículas ocorrem entre 9 e 13 de julho.

Neste processo (feito no meio do ano), a Universidade de Brasília (UnB) e a Escola Superior de Ciências da Saúde (Escs) não participam da seleção. A UnB destina as vagas que foram oferecidas no Sisu anterior (dezembro e janeiro) para vestibular próprio e para o Programa de Avaliação Seriada (PAS) — mas a nota do Enem ainda é utilizada por meio de edital próprio como seleção em eventuais vagas remanescentes dos dois processos. A Escs, que utiliza o Sisu como sistema único de seleção, usa a ferramenta apenas no início do ano por causa da matriz curricular da instituição ser seriada e anual.

Problema de inscrição
O primeiro dia de inscrições para o 2º processo seletivo de 2017 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começou hoje (29) com um problema: uma falha entre a sincronização das bases de dados entre o Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Em nota, o MEC esclarece que a falha de sincronização foi solucionada e que o número de candidatos que podem ter sido afetados é de até 600 mil. Quem fez o cadastro deve efetuar uma troca de senha e conferir os dados pelo site do Inep.