Sírio-Libanês abre inscrições para programa de residência em 2018

O prazo termina em 20 de outubro e são oferecidas 183 vagas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/09/2017 15:53 / atualizado em 19/09/2017 16:20

O Hospital Sírio-Libanês está com 183 vagas abertas para programas de residência em saúde de 2018. As inscrições do processo seletivo vão até 20 de outubro pelo site goo.gl/hqT8si. Ele contará com uma primeira fase composta por prova objetiva de múltipla escolha, feita pela internet,  que ocorrerá em 4 de novembro em oito capitais: Belém, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

 

Na residência médica do hospital existem 13 especialidades:  anestesiologia, cancerologia, cardiologia, clínica médica, endoscopia, dermatologia, mastologia, medicina intensiva, medicina preventiva e social - área de concentração em administração em saúde, neurologia, pediatria, radiologia/diagnóstico por imagem e radioterapia.

 

As vagas ofertadas são para quatro modalidades:

 

1ª multiprofissional para: cuidado ao paciente crítico, cuidado ao paciente oncológico, gestão dos serviços de saúde e redes de atenção à saúde e cuidado à saúde da criança e adolescente.

 

2ª uniprofissional (com seis especialidades): biomedicina em diagnóstico por imagem, enfermagem em cardiologia, enfermagem clínico-cirúrgica, enfermagem em centro cirúrgico e centro de material e de esterilização, enfermagem em urgência e emergência e física médica em radioterapia.

 

3ª especialização em regime de residência médica (com 14 cursos): cancerologia, ecocardiografia, patologia oncológica, radiologia/cardíaca, radiologia/mama, radiologia/medicina interna, radiologia/musculoesquelético, pet/ct e spect ct, radiologia/ultrassonografia, radiologia/ultrassonografia II, radioterapia de alta tecnologia, transplante de médula óssea e onco-hematologia, transplante de medula óssea e onco-hematologia pediátricos e neurorradiologia e radiologia de cabeça e pescoço.

 

4ª ano adicional (com duas especialidades): endoscopia digestiva e ergometria.