Incêndio provoca mudança em locais de prova do Enem no Amapá

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/10/2013 15:05 / atualizado em 25/10/2013 15:08

O incêndio que atingiu o bairro Perpétuo Socorro, no Amapá, provocou alteração em dois locais de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A mudança ocorre porque as escolas estão funcionando de abrigo às vítimas do incêndio ocorrido na quarta-feira (23).



Os candidatos que fariam a prova na Escola Deuzuite Cavalcante foram transferidos para a Escola Padre Ângelo Biraghi, que também fica no Perpétuo Socorro. Quem faria a prova na escola Mário Adreazza vai para o colégio Deusolina Sales Farias, no bairro Pacoval. As informações foram divulgadas pela da Secretaria de Estado de Educação (Seed) do Amapá.

Haverá ônibus para transportar os estudantes aos novos locais de prova, de acordo com a secretaria. Os ônibus sairão da frente das escolas onde seriam feitos os testes, no máximo, 30 minutos antes do início do exame.

A orientação para quem vai fazer o Enem e perdeu os documentos no incêndio é fazer um boletim de ocorrência e apresentar o registro, junto com uma cópia, no momento de fazer o exame. O edital do Enem prevê que é obrigatória a apresentação de um documento de identificação com foto para fazer o exame e, em caso de perda, o candidato pode apresentar o boletim de ocorrência com data de, no máximo, 90 dias antes da prova.

O incêndio no Perpétuo Socorro começou às 16h40 do dia 23 e só foi controlado por volta das 21h.  A governo do estado estima que o incêndio tenha destruído aproximadamente 250 casas e decretou situação de emergência no bairro.