No Rio, o clima entre estudantes que fazem prova do Enem era de expectativa

Às 13h os portões foram fechados; alguns estudantes chegaram atrasados e não puderam fazer a prova

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/10/2013 14:08

Rio de Janeiro – O clima entre estudantes que farão agora a tarde a primeira etapa da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é de muita expectativa. Antes das 13h, as filas se formavam na porta de vários locais de prova, como a Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e a Faculdade Estácio de Sá, ambas no centro da capital. Às 13h os portões foram fechados e como em anos anteriores, alguns estudantes chegaram atrasados e não puderam fazer a prova.


Na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), o clima antes da prova é de tranquilidade. Angélica Gama Boechat de Azevedo, de 18 anos, termina o ensino médio este ano mas fez a prova do Enem no ano passado "como experiência".

"Eu achei a prova mais difícil do que falavam, espero que este ano seja mais fácil. Espero conseguir porque eu fiquei estudando o ano inteiro. No ano passado eu consegui classificação, mas não para o curso que eu queria, que é gastronomia, na UFRJ. O curso é concorrido porque é o único em faculdade pública".

O estudante Artur Cardozo da Gama, de 17 anos, também fez a prova no ano passado mesmo antes de terminar o ensino médio. "Eu achei a prova cansativa porque eu não tinha me preparado antes, as últimas questões foram difíceis por causa do cansaço. Mas, este ano, acho que vai ser tranquilo, eu me preparei bastante. O conteúdo que eles cobram na prova é bem razoável, não é difícil".

Artur pretende fazer engenharia naval na UFRJ e diz que as escolas já estão preparando os alunos para o Enem, direcionando os conteúdos e aplicando questões de provas anteriores. "No ano passado consegui classificação para alguns cursos da UFF [Universidade Federal Fluminense] e da UFRJ, mas não para o que eu queria", diz o jovem.

Aisha Oliveira dos Santos, de 16 anos, também fez a prova em 2012 como preparação. Ela também disse que as escolas já direcionam os conteúdos para o Enem mas, a seu ver, um curso preparatório pode ajudar mais. "A prova não é muito difícil se você estudar. Mas fazer um curso preparatório, como eu fiz, é melhor." Ela pretende conseguir uma vaga para enfermagem na UFRJ. As provas de hoje, de ciências humanas e ciências da natureza, têm duração de 4h30.