SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Desemprego atinge a menor taxa para o mês de outubro desde 2002

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/11/2012 11:25 / atualizado em 22/11/2012 11:34

A taxa de desemprego ficou em 5,3% em outubro, o menor nível para o mês desde o início da pesquisa, em 2002, informou hoje (22) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em setembro, a taxa havia ficado em 5,4% e em outubro de 2011, em 5,8%.

Segundo a Pesquisa Mensal do Emprego (PME), a população desocupada somou 1,3 milhão de pessoas e não variou na comparação com setembro deste ano e com outubro do ano passado.

Já a população ocupada cresceu 0,9% no período e somou 23,4 milhões de trabalhadores. Em relação a outubro de 2011, houve aumento de 3%, o equivalente a 684 mil vagas

O setor privado foi o que mais contratou no período, respondendo por 11,5 milhões de empregos com carteira assinada. Na comparação com o mês anterior, o número não aumentou, mas, em relação à outubro de 2011, houve um incremento de 3,2% ou 356 mil postos de trabalho.

O rendimento médio só aumentou na comparação anual. Em relação a outubro de 2011, subiu 4,6% e ficou em R$ 1.787,70 – o valor mais alto desde março. A massa de rendimento real habitual (gerada pelos trabalhadores) cresceu 8,6% em um ano, chegando a R$ 42,2 bilhões.

Entre as seis regiões pesquisadas, a taxa de desocupação subiu apenas em Recife, passando de 5,7% para 6,7%. Já m São Paulo, caiu de 6,5% para 5,9% e ficou estável nas demais cidades.

A taxa de desemprego mais alta do ano foi registrada em março (6,2%).

 

 

 

 

Tags:

publicidade

publicidade