SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Senac deve formar 600 jovens para trabalhar em megaeventos no RJ

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/03/2013 17:00 / atualizado em 12/03/2013 17:12

O Programa Portal do Futuro, do Serviço Nacional do Comércio do Rio de Janeiro (Senac-RJ), abre 600 vagas para preparar jovens de baixa renda e em situação de risco social para as primeiras experiências profissionais. As inscrições vão até 12 de abril e as aulas estão previstas para começar em maio próximo.

O programa pedagógico atua em duas frentes. Ao mesmo tempo em que desenvolve competências específicas de cada aluno, que farão a diferença na hora da busca pela primeira experiência profissional, o curso tem a finalidade de contribuir para a transformação do convívio social dos jovens.

Tailany Bueno Ferreira tem 20 anos, mora em Campo Grande, na zona oeste, e concluiu o curso Portal do Futuro no ano passado. O autoconhecimento foi, para ela, a coisa mais importante que aprendeu durante o curso. “Foi quebrar paradigmas comigo mesma”, disse. Estudante universitária de administração, ela fez o curso de recepcionista em meios de hospedagem no Portal do Futuro, apesar de não querer seguir carreira nessa área, porque viu aí uma oportunidade de ampliar o seu conhecimento. “Conhecimento nunca é demais. Além disso, fazer um curso do Senac é bem visto no currículo”.

Priscila Miranda Leite, de 19 anos, mora em Padre Miguel, na zona oeste do Rio de Janeiro, e também terminou o curso em dezembro de 2012. Segundo ela, o curso a ajudou no âmbito profissional e pessoal. Priscila conta que passou a reparar em coisas que antes não tinham importância. “Percebi que estava mais madura para lidar com outras pessoas”.

No âmbito profissional, a jovem conta que apesar de ter concluído o ensino médio, não sabia que rumo dar a sua vida. Depois que a mãe a inscreveu no curso, ela pôde vivenciar por uma semana, uma experiência de trabalho em empresa parceira do Senac. “Foi excelente, 'show' de bola”, definiu. “Mudou bastante a minha vida”. Ela não esperava que um curso fosse tão diferente de uma sala de aula tradicional. “A educação é voltada mesmo para sermos bons profissionais”. Ela pretende cursar a faculdade de administração. Atualmente, trabalha como recepcionista em uma redistribuidora de perfume. “Estou amando”, declarou.

O Portal do Futuro foi criado em 2000 e já formou mais de 6 mil pessoas. Os jovens interessados em fazer o curso devem ter entre 16 e 24 anos, estar cursando, no mínimo, o primeiro ano do ensino médio e pertencer a uma família com renda máxima 'per capita', de um salário mínimo. Este ano, serão formadas 20 turmas, totalizando 600 participantes do programa. Serão contempladas oito unidades do Senac-RJ, no Grande Rio, e seis unidades em municípios do interior.

A gerente corporativa de Responsabilidade Social do Senac-RJ, Ana Paula Nunes, destacou em entrevista hoje (12) à Agência Brasil, que o Portal do Futuro dá ao jovem as competências básicas que um profissional deve ter para se sobressair no mercado de trabalho. Isso inclui postura profissional, espírito de equipe, saber trabalhar sob pressão. Durante 316 horas, o curso transmite, por meio de oficinas, elementos para a transformação dos alunos em seres sociais, seres cidadãos e seres profissionais. “Ele entende que tem direitos. Mas a gente explica que para ter esses direitos, ele tem que cumprir deveres como cidadão”.

Os alunos aprendem também como devem se portar em um ambiente corporativo e quais são as regras. “A gente não diz o que é certo ou errado. Mas explica para o jovem que, em alguns ambientes corporativos, o uso do 'piercing' e a tatuagem, por exemplo, não são bem aceitos”. Já no meio publicitário ou das artes, a prática é aceita. “Então, na primeira parte do portal, o que a gente trabalha são os aspectos comportamentais”. Ana Paula salienta que, de acordo com pesquisas de setores de recursos humanos empresariais, o comportamento no ambiente de trabalho é o principal motivo de demissão.

O curso se diferencia de outros programas existentes no mercado, porque suas dinâmicas seguem o modelo pedagógico do 'aprender fazendo'. “Tudo com muitas oficinas, muitos exercícios lúdicos, muitas atividades de visitas, teatro, música - usando a linguagem do jovem. Você usa diversas ferramentas que tornam o estar no Portal do Futuro mais agradável e o aprendizado, diferenciado”. É o que motiva os jovens a passar quatro horas por dia, de segunda-feira a sexta-feira, nas unidades do Senac-RJ, acrescentou.

Desde 2012, o foco do Portal é a capacitação de futuros profissionais para o mercado de grandes eventos, tendo em vista a realização de megaeventos programados para o país e para o Rio de Janeiro, em especial, a partir deste ano, entre os quais a Copa das Confederações, em junho próximo; a Jornada Mundial da Juventude, em julho; a Copa do Mundo de Futebol, em 2014 e as Olimpíadas, em 2016. Em 160 horas voltadas à capacitação profissional, são oferecidos cursos na área de hospitalidade: 'bartender' (garçom de bar), recepcionista em meios de hospedagem, agente de viagens e organizador de eventos.

Levantamento feito pela Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ) para o Senac-RJ identificou que o resultado de empregabilidade depois do treinamento do Portal do Futuro atinge 73%. “Mais de 90% dos alunos entendem que houve uma mudança drástica do comportamento deles em relação à sua vida pessoal ou à vida escolar e com os amigos. A gente tem também o retorno das empresas que contratam esses jovens, sobre como eles chegam mais preparados no ambiente corporativo”.

publicidade

publicidade