SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Pesquisadores propõem criação de software para aprimorar atendimento em UPA

Estudo feito em parceria entre universidade americana e Escola Superior de Ciências da Saúde apresenta o primeiro resultado para melhorar a gestão nas Unidades de Pronto Atendimento

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/06/2013 12:24 / atualizado em 13/06/2013 12:35

Os gestores da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Recanto das Emas receberam, na semana passada, o resultado do estudo sobre as práticas de gestão adequadas para a saúde pública local. O professor PhD em gestão e tecnologia voltadas para operações de saúde global da Marshall School of Business (MSB), dos Estados Unidos, Sriram Dasu, apresentou a conclusão do trabalho realizado, feito em parceria com a Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS).

Uma das propostas apresentadas foi a criação de um software de gerenciamento que possibilita informar a quantidade de atendimento de acordo com a classificação de risco que são definidas por cores (vermelho, amarelo, verde e azul) e saber os horários e dias que mereceriam o deslocamento de mais profissionais para atender a demanda. Essa ferramenta também facilitaria a comunicação aos pacientes dos horários com menos demanda, por meio de mídias sociais, sites e outros meios de comunicação, como rádio comunitária.

"Já iniciamos um projeto para elaboração do software citado. Submeteremos esse projeto para captar recursos financeiros em órgãos de fomento à pesquisa científica. O projeto será liderado por um pesquisador da ESCS, com apoio do professor Sriram Dasu, da USC", explica o coordenador de Pesquisa e Comunicação Científica da ESCS, Karlo Jozefo Quadros, responsável pela parceria.

A parceria entre as duas instituições surgiu em 2011 por iniciativa conjunta de professores da ESCS e da UnB, materializando-se em 2012, mediante assinatura de um memorando de entendimento com cinco anos de duração entre a MSB e a ESCS. O documento permite o intercâmbio de estudantes e profissionais entre as duas instituições de acordo com a especificidade do projeto a ser desenvolvido.

Em março de 2012, 11 estudantes de mestrado da universidade americana participaram de um projeto colaborativo de pesquisa realizado na Atenção Primária a Saúde de Samambaia. No mesmo período deste ano, três mestrandos da USB realizaram um estudo de caso juntamente com os gestores e servidores da UPA do Recanto das Emas e pesquisadores da ESCS, que originou a proposta citada.

publicidade

publicidade