PERFIS DE SUCESSO // ADRIANA MARQUES »

Empresária multitarefa

Brasiliense que começou a dar aulas de inglês aos 14 anos, hoje é dona de dois empreendimentos e aumentou em cem vezes a renda mensal

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/07/2013 09:52 / atualizado em 01/07/2013 09:53

Mariana Niederauer

Edilson Rodrigues
“Empreender exige um equilíbrio emocional que precisa ser treinado. O empreendedor tem energia, mas a estratégia, o discernimento e a visão sistêmica vêm com o tempo”
Adriana Marques, Dona da academia Vip Training e do Coaching Club


Na vida da empresária Adriana Marques, 37 anos, tudo vem em tamanho família. Ela é dona de uma academia e de uma empresa de coaching, toca pelo menos três projetos ao mesmo tempo, tem quatro filhos, viaja várias vezes por mês para todos os cantos do país e não para de ler e de buscar novidades para aperfeiçoar a própria formação e os negócios. A empreendedora canaliza toda essa motivação para alcançar seu objetivo principal: ajudar as pessoas a terem uma vida melhor, física e mentalmente.

Para ela, a habilidade de empreender é uma vocação. Desde criança, sentia vontade de vender, de movimentar, de negociar tudo o que via. A inspiração começou ao observar a avó, que costurava e a ensinou a fazer pulseiras com restos de linha. A intenção de Adriana era vender as peças na escola para as amigas, mas a mãe reprovou a ideia e ela teve que se contentar em distribuí-las sem cobrar nada. Aos 14 anos, depois de passar dois anos cursando o ensino médio nos Estados Unidos, começou a dar aulas particulares de inglês. Adriana aumentava a idade, pois achava que ninguém levaria a sério uma professora tão nova.

Com 17 anos, ela começou o curso de educação física na Universidade de Brasília (UnB) e, depois de formada, passou a dar aulas e a trabalhar como personal trainer. Nessa época, Adriana não dormia mais do que cinco horas por dia. Às 6h já estava de pé e não parava até as 23h. Foi quando resolveu usar toda a energia para investir num negócio próprio. Em 1999, os donos da academia em que trabalhava quiseram vender o estabelecimento e, sem o menor planejamento, ela se propôs a comprar a academia.

Os pais, servidores públicos, sempre privilegiaram uma carreira estável e queriam que as duas filhas seguissem o mesmo caminho, mas a aposta ousada de Adriana mostrou estar certa e ela acabou envolvendo toda a família no projeto. A irmã e a mãe gerenciam as partes administrativa e financeira da academia Vip Training, e o pai e o marido de Adriana são sócios no segundo empreendimento em que ela investiu, o Coaching Club. Em 2005, ela fez um curso de coaching em San Diego, no estado da Califórnia, nos Estados Unidos. Nos dois empreendimentos, ela emprega 100 funcionários e já formou mais de 600 coaches.

A segunda carreira exigiu, porém, uma mudança drástica. A empresária precisou trocar o tênis pelo salto alto e se esforçar para que a imagem de brincalhona e extrovertida não se confundisse com a de uma profissional séria e dedicada. “Hoje, preciso estar sempre impecável”, explica a elegante empresária, vestida em um terninho preto, combinado a um clássico sapato scarpin e com maquiagem discreta.

Dos R$ 300 reais que ganhava com as aulas particulares de inglês, passando pelos R$ 8 mil da época em que trabalhava 17 horas por dia, hoje Adriana consegue ganhar pelo menos R$ 30 mil por mês. A empresária lembra que o dinheiro é importante como uma forma de mensurar o crescimento ao longo dos anos, mas não pode comprar o que ela mais valoriza na vida. “Eu ganho muito bem, mas as coisas mais importantes da minha vida são de graça; quando se gosta muito do que se faz, você faz de graça.”

O segredo para o sucesso nos negócios, de acordo com Adriana, é sempre buscar melhorias. “É preciso estar aberto para mudanças e saber se reinventar o tempo todo”, explica. As apostas da academia têm dado certo. Entre os projetos estão o Programa de Resultados — que inclui orientação de um personal trainer, acompanhamento com nutricionista, coaching pessoal e aulas coletivas — e o clube do vinho e o da cerveja. Tudo faz parte do objetivo de atrair o público alvo, que são as famílias. A Vip Training é o espaço para todas as gerações. Prova disso é outro projeto de sucesso da academia, o Divas Dance, idealizado por sua grande parceira, a irmã, Roberta Marques. Com muita energia Roberta comanda aulas de exercícios físicos misturados com passos de dança em ritmos variados e que têm alunas de 50 a 85 anos.

Apesar de conseguir dormir um pouco mais do que cinco horas por dia, Adriana não parou de desempenhar diversas tarefas. Além dos dois negócios, ela é uma das diretoras da Associação de Mulheres Empreendedoras do DF (AME), consultora do Serviço Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e dá aulas pela Sociedade Brasileira de Coaching (SBC). “Empreender exige um equilíbrio emocional que precisa ser treinado. O empreendedor tem energia, mas a estratégia, o discernimento e a visão sistêmica vêm com o tempo”, afirma.
Tags: