Ministro do Trabalho quer ampliar serviços oferecidos no CAT-RJ

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/08/2013 15:27

Rio de Janeiro
Em visita à Central de Apoio ao Trabalhador (CAT-RJ), no bairro São Cristovão, na zona norte do Rio, o ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, reafirmou a intenção do ministério em melhorar o atendimento ao trabalhador e ampliar os serviços oferecidos nas centrais de apoio. Segundo Dias, o objetivo do ministério é oferecer nos postos, além do encaminhamento ao emprego, a emissão da carteira profissional.

"Esse tipo de parceria minimiza as dificuldades dos trabalhadores. Na medida em que tenhamos essa infraestrutura, vamos poder confeccionar carteiras e atender questões referentes a seguro-desemprego e outros direitos. Isso beneficia o trabalhador e o ministério tem como função primordial, oferecer atendimento descente ao trabalhador", afirmou Dias.

O ministro conheceu as instalações da CAT e conversou com trabalhadores em atendimento no térreo. Manoel Dias destacou os números positivos do Brasil citando que, apenas no governo Dilma, foram gerados 4,5 milhões de emprego, o salário mínimo teve ganho real de 70% e 40 milhões de pessoas entraram para a classe média.

"Os trabalhadores atualmente estão tendo um importante avanço principalmente no que diz respeito a aumento salarial”, disse. Manoel Dias lembrou a importância desse ganho: “É muito importante pois contribui na renda familiar e aumenta o consumo ajudando, consequentemente, na circulação de capital".

A CAT-RJ é conveniada do Ministério do Trabalho e Emprego e têm como função inserir e recolocar trabalhadores no mercado de trabalho, atendendo a até 1,5 mil trabalhadores por dia.
Tags: