Abertas as inscrições para o Edital Senai Sesi de Inovação

Iniciativa custeia projetos tecnológicos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/04/2014 17:19

O Edital Senai Sesi de Inovação tem como objetivo custear projetos de inovação tecnológica que se estendam às áreas de saúde, segurança, qualidade de vida, educação e cultura, por meio de produtos, processos e serviços. Pode concorrer qualquer empresa do setor industrial de micro, pequeno, médio e grande portes. Nesta edição, as startups também serão contempladas e terão aporte de R$ 5 milhões do valor total. Os recursos chegam a R$ 30,5 milhões, sendo R$ 20 milhões para projetos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), R$ 7,5 milhões para projetos do Serviço Social da Indústria (SesiI) e R$ 3 milhões em bolsas de pesquisa em Desenvolvimento Tecnológico e Industrial (DTI) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Diferentemente dos outros anos, haverá ciclos contínuos de inscrição. Assim, as empresas terão chance de submeter propostas a qualquer tempo, até 15 de fevereiro de 2015, com possibilidade de seleção em avaliações trimestrais. As inscrições devem ser feitas pela internet. “Quem sai ganhando são as empresas. O prazo agora é maior. Assim, dentro desses períodos de avaliação, poderão surgir novas ideias e projetos que terão mais chance de aprovação”, explica Jefferson Gomes, gerente executivo e inovação e tecnologia do Senai.

Passo a passo do edital

O projeto inovador pode ser inscrito até 15 de fevereiro de 2015. Cada projeto pode ser orçado em até R$ 300 mil. As ideias apresentadas serão analisadas trimestralmente por comitê formado por avaliadores do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e da Poli Design de Milão (Itália). Até o fim deste ano, são previstos três períodos de avaliação. Em 2015, haverá o último ciclo. Serão levados em conta o potencial inovador da ideia e a capacidade de a empresa colocá-la no mercado.

Os projetos aprovados serão ranqueados. Aqueles que ficarem dentro do limite de crédito disponível para o ciclo seguem para a fase de contratação e execução. Os que ficarem abaixo, porém aprovados, terão chance no ciclo seguinte. A partir da contratação, o projeto tem prazo de 20 meses para ser executado.

Nos últimos dez anos, já foram investidos R$ 121,92 milhões em projetos inovadores. O primeiro Edital Inovação foi lançado em 2004, em uma iniciativa do Senai para promover a inovação na indústria brasileira. Naquele ano, os sete projetos aprovados receberam juntos R$ 375 mil. Em 2008, o edital ganhou a parceria do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), por meio do CNPq. No ano seguinte, o Sesi reforçou esse time. Desde a primeira edição até 2013, o Edital de Inovação já recebeu 3.066 propostas. Ao todo, 524 projetos foram aprovados.
Tags: