Nesta quinta-feira (24), tem bate-papo sobre design sprint no Espaço Chatô

Primeiro encontro Ei! Explore terá conversa sobre os comportamentos por trás do Design Sprint, metodologia inovadora que pode mudar a forma de trabalhar e propor novos produtos, serviços, experiências e modelos de negócios

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/08/2017 11:31 / atualizado em 24/08/2017 14:29

Apesar de ainda ter muita gente voltada para o serviço público, Brasília tem conquistado cada vez mais os corações de quem quer fazer diferente e trazer negócios e soluções inovadores para a cidade. A cultura empreendedora local está em fase de construção e tem muito potencial para crescer. Pensando nisso, a Fundação Assis Chateaubriand lança, neste mês de agosto, a EI! Comunidade de Empreendedorismo e Inovação.

 

A EI! chega para ser referência no desenvolvimento humano, na educação e no fomento ao empreendedorismo na capital federal. Por meio de métodos e ferramentas inovadoras, vai oferecer formação e promover conexões que contribuam para dinamizar o ecossistema empreendedor no DF.

 

Jacqueline Lisboa
 

EI! Explore

 

O primeiro passo desse trabalho será a realização de encontros periódicos para estimular a troca de conhecimentos e o networking de pessoas que já empreendem ou pretendem empreender. A série de encontros pocket foi batizada de EI!Explore. 

 

Em 24 de agosto (quinta-feira), das 19h15 às 20h30, será realizado no Espaço Chatô o 1º encontro pocket: EI! Explore – Design Sprint. Quem conduz o bate-papo descontraído é a facilitadora de processos da SAB, empresa de consultoria participativa para inovação, Anna Luiza Maximo.

 

Prática colaborativa de inovação em alta no momento, mas ainda pouco conhecida, o Design Sprint é um processo de design formatado pela Google Venture para criar e verificar, em um curto espaço de tempo, se a sua proposta vai funcionar ou não, antes de o trabalho ser desenvolvido por completo.
 
Para que serve o Design Sprint?
 
“O Design Sprint pode ser usado quando você tem uma ideia, um projeto ou até uma empresa estabelecida. Existe todo um processo para olhar tudo o que tem ao redor e ver se o que você está propondo é realmente interessante e se resolve o problema de alguém. O Design Sprint é contemporâneo. Grandes empresas usam. Mas o comportamento por trás dele é muito mais importante que o método em si. E vale a pena falar sobre isso”, explica Anna Luiza.

 

Ela pondera que o Design Sprint não se restringe a startups. E reforça que pode ser usado por qualquer pessoa, se for colaborador de empresa, no modelo de negócio, se for empreendedor, na esfera pública, não há limites. “Qualquer pessoa que tenha algo a oferecer e queira fazer com celeridade e valor pode usar o Design Sprint. Pode ser produto, serviço, experiência, modelo de negócio, tudo!”

Proposta inovadora de inscrições

A proposta dos encontros Ei! Explore é inovadora até na forma de inscrições: o público é que escolhe o valor com que deseja contribuir para fortalecer a comunidade empreendedora de Brasília.

 

SERVIÇO | EI! Explore – Design Sprint
 
Quando? 24 de agosto (quinta-feira), às 19h15
Onde? Espaço Chatô, SIG Quadra 2 Lote 340, sede do Correio Braziliense
Quem? Bate-papo com Anna Luiza Maximo
Como? Inscreva-se aqui

 

Vagas limitadas

Saiba mais sobre a EI! na página da Fundação Assis Chateaubriand na internet.