Estudantes do Ciência sem Fronteira poderão fazer estágios nos EUA

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/08/2012 20:15

Os estudantes brasileiros que participam do programa de bolsas para iniciação científica Ciência sem Fronteiras terão oportunidade de fazer estágios em empresas nos Estados Unidos. A parceria foi anunciada hoje (30), durante o encontro entre o subsecretário do Departamento de Comércio dos EUA, Francisco Sanchez, e da secretária de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil (MDIC), Tatiana Prazeres.



Ambos participaram de reunião com empresários na Confederação Nacional da Indústria (CNI), em Brasília. Cerca de 50 empresas norte-americanas demonstraram interesse em contratar estudantes brasileiros. Segundo Tatiana, a iniciativa visa o intercâmbio de experiências na área tecnológica. “O objetivo é aproximar os alunos brasileiros das tecnologias norte-americanas e vice-versa”, disse.

O secretário norte-americano destacou ainda que representantes de 66 universidades dos EUA estão no país para atrair jovens estudantes a participarem do projeto. Segundo ele, a iniciativa tem “apoio do presidente (Barack) Obama”.

O diretor de Desenvolvimento Industrial da CNI, Carlos Abijaodi, destacou que o intercâmbio na área de estágios demonstra a evolução do relacionamento entre Brasil e Estados Unidos nos últimos anos. “Há uma grande mudança na disposição dos dois governos em encontrar soluções para os problemas do setor privado. As discussões devem seguir nesse caminho”, disse.