Ciência sem Fronteiras

Brasil e Áustria assinam acordo na área de educação e ciência

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 11/03/2013 16:03

O secretário executivo do MEC, José Henrique Paim (no centro, ao fundo), participa de cerimônia que celebrou acordos educacionais entre o Brasil e a Áustria (Foto: João Neto) Foi assinado nesta segunda-feira, 11, em Brasília, o Acordo-Quadro de Cooperação nos Domínios da Educação e da Educação Superior entre Brasil e Áustria. O acordo intensifica a interação entre os dois países nas áreas de educação e ciência. Estiveram presentes o secretário-executivo do Ministério da Educação, José Henrique Paim, e o ministro federal da Ciência e Pesquisa da Áustria, Karlheinz Töchterle, além de representantes brasileiros e austríacos das agências de fomento a pesquisa e de universidades. Com o acordo, Brasil e Áustria vão estimular a cooperação direta entre universidades e instituições científicas, que inclui intercâmbios de estudantes e pesquisadores e programas de mobilidade, como o Ciência sem Fronteiras. Também serão incentivadas a cooperação no âmbito da educação, educação profissional e de adultos. Paim lembrou que as universidades austríacas têm forte tradição em receber estudantes e professores. “O Ciência sem Fronteiras é o programa que vai fazer o Brasil avançar na internacionalização de suas universidades”, disse. Durante a solenidade, também foram assinados acordos entre a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a Agência Austríaca de Cooperação Internacional em Educação e Pesquisa (ÖAD). Os documentos tratam da cooperação acadêmica entre as duas agências, a concessão de 650 bolsas de graduação sanduíche na Áustria por meio do Ciência sem Fronteiras nos próximos 3 anos e o termo de adesão de instituições austríacas para alocação de estudantes de pós-graduação.
Tags: